Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 05/03/2021

05 de Março de 2021

São Sebastião, mensageiro da esperança

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

05 de Março de 2021

São Sebastião, mensageiro da esperança

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

21/01/2021 16:02
Por: Carlos Moioli

São Sebastião, mensageiro da esperança 0

Mesmo num momento tão atípico, o povo carioca não deixou de homenagear o santo padroeiro da arquidiocese, da cidade e do Estado do Rio de Janeiro, São Sebastião, durante a festividade dedicada ao protetor contra as pestes e epidemias, no dia 20 de janeiro.

Diferente dos anos anteriores, não houve a tradicional procissão devocional, partindo da Igreja de São Sebastião, na Tijuca, administrada pelos frades capuchinhos, até a Catedral Metropolitana, no Centro. Entretanto, a imagem peregrina do padroeiro cruzou a cidade numa carreata, que teve início na Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Santa Cruz, e seguiu em direção à Catedral.

Na chegada da carreata, em frente à Catedral, na qual Dom Orani deu a tradicional bênção à cidade com a relíquia do padroeiro, ele recordou a intercessão de São Sebastião durante a pandemia.

“Neste ano, o tivemos como tema ‘São Sebastião, mensageiro da esperança’. Pedimos a intercessão do padroeiro para que nosso povo pudesse ter, cada vez mais, esperança. Vimos depois que, durante a trezena, foram aprovadas as vacinas, as quais já começaram a ser aplicadas no país, bem no dia em que celebramos São Sebastião. Ele que é nosso advogado contra as epidemias, intercedeu por nós. Pedimos, também, para que não nos faltem vacinas e que todos possam ser vacinados”, rogou.

“Cabe a nós, Igreja, sermos a alma desta cidade”

Na missa solene do padroeiro, na Catedral, durante a homilia, Dom Orani enfatizou que os festejos aconteceram de maneira diferente, mas repleto da ação do Espírito Santo.

“Esse ano foi diferente, mas solene. Foi carinhoso o modo como Deus nos conduziu, pela ação do Espírito Santo, para celebrar a trezena e o dia de São Sebastião. Todos os anos, São Sebastião me toma pela mão e me leva a visitar sua cidade. De bairro em bairro, capelas, asilos, hospitais, visitamos vários tipos de situações. E encontramos tantas pessoas que buscam ao Senhor, colocam suas questões, pedem a bênção. É o coração de um povo sedento” disse. Devido as impossibilidades de se fazer presente em muitos lugares por conta da Covid-19, o arcebispo encontrou um meio para levar a imagem peregrina os mais diversos locais da cidade: pelo alto.

“São Sebastião me fez visitar a cidade de uma maneira diferente: olhando-a pelo alto. Percebi que conheço muita coisa, alguns bairros, prédios, avenidas. Mas tem outras que, mesmo olhando do alto, eu não consigo distinguir. Por mais que tenha andado por muitos lugares, do alto as coisas parecem diferentes e desafiadoras. Em alguns lugares, no pico dos montes, me pergunto: como fazer para chegar aquela pessoa? Como a messe é grande e são poucos os operários”, exclamou.

Entretanto, Dom Orani continuou: “Ao mesmo tempo, o Senhor me mostra que, naqueles locais, também há sacerdotes e uma comunidade presente, orante, que evangeliza e prega. Isso eu deduzi quando, na vinda, durante a carreata, com as comunidades presentes nas avenidas, logo se distinguia o padre que estava por trás. Vimos o dom que temos enquanto presença capilar da Igreja em todos os cantos da cidade. Mesmo que eu não consiga saber o que pensa e quais as necessidades e preocupações daquela pessoa, que mora na ponta de um bairro, eu sei que tem alguém mais próximo para ouvir, encaminhar e evangelizar. Cabe a nós, Igreja, cristãos, sermos a alma dessa cidade”, completou.

Texto: Carlos Moioli


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.