Arquidiocese do Rio de Janeiro

26º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 06/06/2020

06 de Junho de 2020

Obrigado Senhor por me escolher!

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

06 de Junho de 2020

Obrigado Senhor por me escolher!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

01/02/2020 00:00 - Atualizado em 03/02/2020 12:22
Por: Redação

Obrigado Senhor por me escolher! 0

(Discurso de Dom Tiago Stanislaw no final da missa de ordenação)

Deus, em seu infinito amor, quis ter uma história conosco. Por esse motivo nos criou, nos salvou e nos guia através da sua Igreja. Agradeço a Ele pela infinita bondade e misericórdia que, apesar das minhas fraquezas e limitações, me convidou para ser administrador dos seus dons. Há pouco, o meu coração já se encheu de grande alegria quando, passando no meio de vocês, eu pude pedir com muita fé a Deus, para que, através de mim, abençoasse cada um de vocês, as suas famílias e a toda vida. 

Mas eu tenho plena consciência da minha humanidade. Por isso quando no início do rito da ordenação me deitei no chão, eu me apresentei a Deus como sou de verdade, um homem fraco e limitado, uma poeira perante Ele. E se logo depois pelas mãos da Mãe Igreja, Deus me levantou e instituiu como seu instrumento, não foi por qualquer mérito meu. Recebi um dom imerecido porque a misericórdia de Deus é inesgotável e os planos d’Ele são insondáveis. Por isso digo: Obrigado Senhor por me escolher! E peço: me oriente, me capacite, me fortaleça!

Acredito profundamente que por intermédio de Dom Orani, que me indicou, e, especialmente, do Papa Francisco, que me nomeara, realizou-se a vontade de Deus. Agradeço a ambos pela confiança depositada em mim.

Agradeço também a todos, que pelos desígnios de Deus me acompanharam e acompanham em toda a minha vida, meus pais, meus irmãos que estão aqui comigo, familiares, padres, todas os amigos; agradeço a todos vocês pela presença, pelo carinho, pela oração e por tantos outros sinais de amor que não sou capaz de enumerar agora.

Nas mãos de Dom Orani coloco os agradecimentos a todos os bispos do Rio e de tantos outros lugares que me apoiaram pelas suas orações, desde o momento da minha nomeação até hoje, completando este fraterno carinho com a concelebração desta Santa Missa da minha ordenação.

Nas mãos do Dom Dziwisz deposito minha gratidão à Arquidiocese da Cracóvia, que se tornou presente na pessoa do próprio cardeal, junto com meus amigos padres. A presença de vocês todos me alegra muito.

Bóg zapłać księże Kardynale za obecność i modlitwę, Bóg wam zapłać drodzy koledzy księża. Wasza obecność raduje mnie bardzo a wdzięczność będę wyrażał poprzez osobistą modlitwę za każdego z was. Bracie i siostro, dziękuję, że jesteście dzisiaj ze mną. Dziękuję także wam, drodzy przyjaciele i znajomi, że zaszczyciliście mnie swoją obecnością. Pozdrawiam serdecznie rodziców, całą rodzinę i wszystkich znajomych w Polsce którzy, jak ufam, przez łącza internetowe uczestniczą w tej uroczystości. Bóg wam zapłać za wszystko!

Agradeço também a todos os diáconos, religiosos e religiosas presentes aqui. Agradeço ao seminário e a todas as pessoas que rezaram por mim e que colaboraram com a preparação desse momento. Deus lhes pague!

Meu cordial “obrigado” pela presença. Dirijo também aos representantes das diversas religiões, bem como às autoridades civis e militares.
Meu caminho ao episcopado foi através do serviço a Deus nas comunidades paroquiais, com o dia a dia vivido junto com os paroquianos, como ocorre na vida da maioria dos padres presentes aqui; muito obrigado por estarem hoje aqui comigo. Obrigado pelo acolhimento nesta arquidiocese, pelo carinho, amizade e pela oração. Através de vocês, queridos irmãos, saúdo com muito carinho todas as comunidades da nossa arquidiocese, de modo especial, aquelas que lembraram de mim nas suas orações e que se fizeram presentes hoje aqui. Que Deus os abençoe!

O padre lapida a comunidade, mas a comunidade também lapida o padre; o convívio traz o enriquecimento mútuo. Por isso, vocês, meus irmãos e irmãs, das paróquias São Pedro do Mar do Recreio e São Judas Tadeu de Bangu, são também responsáveis por eu me tornar um candidato, e hoje bispo para o serviço nesta arquidiocese. Então, que a minha alegria de hoje seja também a alegria de cada um de vocês.

Eu conto com as suas orações porque eu sei que neste novo serviço a Deus que vou iniciar existem os desafios. Não aguardo eles com medo, mas com confiança no poder de Deus, a quem eu quero servir com todas as minhas forças e capacidades. E se eu sempre pedia a vocês a oração, hoje peço mais uma vez, mas com maior esperança ainda, peço a vocês e a toda a Igreja do Rio de Janeiro: rezem por mim para que eu seja sempre unido a Deus, fiel aos compromissos assumidos, paterno, zeloso e sábio. Rezem para que eu seja do jeito que Deus me quer e que vocês precisam. Não me abandonem!

Posso contar com vocês e com suas orações?

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.