Arquidiocese do Rio de Janeiro

27º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 23/01/2020

23 de Janeiro de 2020

Gratidão ao Instituto Padre Leonardo Carrescia

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

23 de Janeiro de 2020

Gratidão ao Instituto Padre Leonardo Carrescia

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

20/12/2019 18:22
Por: Redação

Gratidão ao Instituto Padre Leonardo Carrescia 0

Após 73 anos de compromisso com o projeto de evangelização da Igreja Católica na área da educação, o Instituto Padre Leonardo Carrescia, situado no Rio Comprido, encerrou suas atividades. 

As religiosas da Congregação das Irmãs Franciscanas Alcantarinas, que administraram o instituto desde o dia 18 de outubro de 1946, sempre procuraram manter o ideal da educação pensado pelos fundadores da congregação: Vicente Gargiulo e madre Inês da Imaculada, inspirada nos princípios da liberdade e nos ideais de solidariedade humana e cristã.

O encerramento das atividades foi marcado com uma celebração eucarística, no dia 14 de dezembro, na própria sede do colégio, presidida pelo vigário episcopal para a Vida Consagrada, Dom Roberto Lopes, e concelebrada pelo vigário episcopal para a Educação, padre Thiago Azevedo.

“O Instituto Padre Leonardo Carrescia sempre teve uma base educacional muito forte, formou gerações, inclusive muitos padres de nossa arquidiocese que fizeram o ensino médio quando seminaristas. Nossa palavra é de gratidão, e agradecemos a Deus por tudo o que foi feito para que milhares de crianças, adolescentes e jovens tivessem uma educação de qualidade”, afirmou padre Thiago Azevedo.

Durante a celebração, foi lida uma carta enviada pelo arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, à diretora da instituição, irmã Mariza Vera Sampaio, manifestando sua gratidão pelo trabalho realizado pelas religiosas, corpo docente e colaboradores.

“Nossos agradecimentos pela colaboração prestada à nobre missão de formar os nossos jovens”, diz a carta.

Apesar de lamentar o encerramento das atividades do instituto, o vigário episcopal para a Educação, padre Thiago Azevedo, afirmou que a educação católica continua firme e que há muitos colégios católicos na região da Tijuca que estão de portas abertas para acolher os filhos de paroquianos da cidade do Rio. “Pedimos aos pais e responsáveis que valorizem a educação de seus filhos, sobretudo, com uma educação católica”, disse.

Carlos Moioli


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.