Arquidiocese do Rio de Janeiro

27º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 23/01/2020

23 de Janeiro de 2020

Exposição no Castelinho do Flamengo reúne 96 presépios do Brasil e do mundo

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

23 de Janeiro de 2020

Exposição no Castelinho do Flamengo reúne 96 presépios do Brasil e do mundo

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

20/12/2019 11:36
Por: Redação

Exposição no Castelinho do Flamengo reúne 96 presépios do Brasil e do mundo 0

Está em cartaz no Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho, o Castelinho do Flamengo, uma exposição que reúne 96 presépios vindos dos cinco continentes e de todas as regiões do Brasil. A mostra, organizada pelo Centro Loyola de Fé e Cultura PUC-Rio para o Projeto Natal Cultural da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, tem a curadoria do padre José Maria Fernandes, SJ. Inaugurada no dia 10 de dezembro, a exposição poderá ser vista diariamente, das 12h às 18h, até o dia 22 de dezembro e, após o recesso das festas de final de ano, de 6 a 20 de janeiro.

Além de representar a cena do nascimento de Cristo, os presépios apresentam traços da cultura e da história de seus locais de origem. Do México, vieram Maria, José e o Menino Jesus, feitos em madeira e cerâmica, usando trajes típicos locais, como o sombrero. No presépio do Cazaquistão, a estrebaria dá lugar a um tipo de cabana típica das regiões rurais do país. As referências estão tanto na forma de esculpir ou montar as peças, quanto nos materiais utilizados, como o couro das renas do Canadá ou a madeira de oliveira de Jerusalém.

O artesanato popular brasileiro também está presente na mostra, com peças adquiridas em diferentes estados. Um dos presépios de maior destaque foi confeccionado por um artesão do Rio de Janeiro com materiais de sucata. Já o presépio de Pernambuco está no meio de uma pracinha de cidade do interior com seu casario colorido emoldurando a cena da natividade. Além da cultura, o destaque também vai para a diversidade natural do país, em peças confeccionadas com sementes, pedras e barro.

O Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho - Castelinho do Flamengo fica na Praia do Flamengo, 158, esquina com Rua Dois de Dezembro, próximo ao metrô do Largo do Machado. Entrada franca.

Da Redação
Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.