Arquidiocese do Rio de Janeiro

25º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 06/12/2019

06 de Dezembro de 2019

Depois de painéis solares, Paróquia São José da Lagoa inaugura turbina eólica

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

06 de Dezembro de 2019

Depois de painéis solares, Paróquia São José da Lagoa inaugura turbina eólica

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

01/11/2019 14:34
Por: Redação

Depois de painéis solares, Paróquia São José da Lagoa inaugura turbina eólica 0

A Paróquia de São José da Lagoa deu mais um passo na jornada sustentável. No dia 24 de outubro, foi inaugurado o novo gerador eólico de energia elétrica, instalado no teto da paróquia.

Desde 2016, a igreja de vidro da Lagoa conta com um sistema fotovoltaico e, agora, passa a ter o primeiro sistema híbrido urbano do Brasil. O novo sistema acrescentará 4,5kW aos 14kW solares já instalados, deixando a Paróquia São José da Lagoa mais próxima da tão desejada autonomia em energia elétrica.

“Os sistemas híbridos são muito interessantes, pois com eles se consegue alguma complementaridade na produção de energia, saindo da dependência da insolação”, contou Alexandre Pinhel, idealizador do projeto.

O pároco da Igreja São José da Lagoa e reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo, destacou que o novo sistema é um avanço nas atividades da Pastoral do Desenvolvimento Sustentável, criada na igreja de vidro em 2017 com base na encíclica verde escrita pelo Papa Francisco em 2015, a “Laudato Si.”

“Estamos adequados ao desejo do Papa Francisco e ao conceito de sustentabilidade. É um pensamento que deve se ampliar a outras igrejas e a toda a sociedade”, disse padre Omar.

O documento do Pontífice aborda o uso e a produção da energia elétrica e questões socioambientais mundiais. No texto, o Papa Francisco afirma que o desenvolvimento de formas menos poluentes de produção de energia, bem como o uso de forma eficiente, deve ser apoiado.
O novo gerador eólico foi desenvolvido e doado pela empresa Zani Energias, que fez a integração com o sistema fotovoltaico já existente.

Igreja Solar
A Paróquia São José da Lagoa é a primeira igreja do Brasil a gerar a própria energia a partir do sistema fotovoltaico instalado há três anos. São 56 painéis solares, que geram o equivalente a 40% do consumo local.

O case foi batizado de Igreja Solar e proporcionou uma economia de cerca de R$ 20 mil por ano na conta de luz. As placas fotovoltaicas, em formato de cruz, foram instaladas no teto da igreja e podem ser vistas do Cristo Redentor, no alto do Morro do Corcovado.

Colaboração: Renato Saraiva


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.