Arquidiocese do Rio de Janeiro

28º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 13/11/2019

13 de Novembro de 2019

Nota da Arquidiocese do Rio Pelo Falecimento de D. Elias Manning

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

13 de Novembro de 2019

Nota da Arquidiocese do Rio Pelo Falecimento de D. Elias Manning

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

14/10/2019 15:49
Por: Dom Orani

Nota da Arquidiocese do Rio Pelo Falecimento de D. Elias Manning 0

NOTA DA ARQUIDIOCESE DE SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO 
PELO FALECIMENTO DE D. ELIAS JAMES MANNING, OFMCONV

A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro manifesta seu pesar pelo falecimento do Bispo Emérito de Valença, D. Elias James Manning, na data de ontem, e apresenta suas condolências ao Bispo Diocesano, clero, familiares de D.Elias e a todo o rebanho dessa querida Diocese.

Nascido nos Estados Unidos, em 1938, D. Elias dedicou ao povo brasileiro a maior parte de sua vida religiosa e sacerdotal, como membro da Ordem dos Frades Menores Conventuais e, posteriormente, bispo. Tendo assumido o pastoreio da Diocese de Valença, em 1990, o nosso Regional Leste 1 passou a contar com sua participação até 2014, quando se tornou emérito.

A presença de D. Elias entre nós deixou-nos a marca de seu ministério episcopal. Ele soube conduzir a atuação pastoral aliada ao senso administrativo, equilibrados com a humilde consciência de um discípulo de São Francisco de Assis. Daí a razão do rico legado que deixou para a Diocese de Valença, depois de 24 anos de fecundo trabalho.

Tendo escolhido viver como os “irmãos menores”, ele deixa para nós um grande testemunho de fidelidade a Cristo e à Igreja, através de um cuidado pastoral que se prolongará pela eternidade, na sua intercessão por nós.

Rio de Janeiro, 14 de outubro de 2019.

Orani João Cardeal Tempesta, O.Cist.
Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro

 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

NOTA DE FALECIMENTO DE DOM ELIAS JAMMES MANNIG

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá!” (Jo 11, 25-26).

Com profundo pesar comunicamos o falecimento de nosso bispo emérito DOM Frei ELIAS JAMES MANNING, OFMConv, com 81 anos de idade, o falecimento ocorreu no dia 13 de outubro de 2019, domingo, às 19 horas e 49 minutos, na Unidade de Terapia Intensiva – UTI, do Hospital Universitário de Vassouras, HUV, onde estava internado desde o dia 04 de outubro. Dom Elias ficou 10 dias internado no hospital, a causa da morte foi um acidente vascular cerebral isquêmico, AVC, popularmente conhecido como derrame.

Neste momento desejo expressar minha proximidade, com oração e o afeto, a toda a Diocese de Valença, à Custódia Franciscana, parentes e a todos aqueles que estimaram e amaram a Dom Elias, bispo emérito e quiseram acompanha-lo nesta última viagem. “Tua Palavra é lâmpada para os meus pés, e luz para o meu caminho”, Salmo, 119 (118), 105: As palavras do salmista podem resumir toda existência desse pastor generoso e fiel à Igreja. Foi um homem de Deus, que amou a Sagrada Escritura, o carisma franciscano de pobreza e simplicidade, a ponto de fazer destes a luz para sua vida e ministério episcopal afim de que tudo que fosse vivido, fosse para a maior glória de Deus. Atento a todas as situações, especialmente as mais difíceis, fazendo se próximo, com amor, a quem se encontrava no desânimo, na pobreza e no sofrimento.

Com o objetivo de facilitar que todos os diocesanos possam participar da despedida de Dom Elias, o velório será realizado em várias cidades, ficou assim definido:

No dia 14 de outubro, a partir das 9h, velório na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, centro da cidade de Vassouras e missa de exéquias às 10h30.

Três Rios, na Paróquia São Sebastião, centro da cidade, com missa prevista para as 15h, de Três Rios, segue para a cidade de Paraíba do Sul, onde existe uma Comunidade Franciscana, na Paróquia São Pedro e São Paulo, centro da cidade. Já no dia 15 de outubro, na terça feira, às 7h da manhã haverá uma missa de despedida, após a missa o corpo segue para a sede da Diocese, cidade de Valença, com chegada prevista para o meio dia. O velório em Valença será realizado na Catedral Diocesana Nossa Senhora da Glória, haverá missa de exéquias ás 14h e o sepultamento esta previsto para as 16h.

Dom Elias James Mannig, nasceu em 14 de abril de 1938, em Troy, New York, U.S.A. Filho de James e Agnes. Nos anos de 1956-1958, estudou no Seminário Menor São Francisco da Ordem dos Franciscanos menores Conventuais, Staten Island, New York. Em 1958, recebeu o hábito franciscano e o nome de “Elias”. Em 1959, fez a Profissão Simples. De 1959 a 1961, cursou Filosofia no Seminário Santo Antônio em New York. No período de 1961-1962, cursou o 1º ano de Teologia no mesmo Seminário.

Dom Elias, chegou ao Brasil no dia 06 de novembro de 1962. De 1963-1965, cursou Teologia no Seminário Arquidiocesano de São José, na cidade do Rio de Janeiro. Em 1963, recebeu a Tonsura e as Ordens Menores, em 1965 o Diaconato pela imposição das mãos de Dom Jaime de Barros Câmara. Aos 30/10/1965, recebeu a Ordenação Presbiteral na capela de São Francisco, Staten Island, New York por Dom Francisco E. Hyland.

Dom Elias foi Vigário Paroquial e Pároco em Santa Rita de Cássia, Pontalina, Goiás, Diocese de Itumbiara; Vigário Paroquial e pároco na paróquia São Francisco de Assis no Rio Comprido, Rio de Janeiro. De 1976 a 1979, foi Custódio Provincial da Ordem dos Frades Menores Conventuais. Em 1979, foi nomeado pároco de Santa Rita de Cássia, Pontalina, Goiás. Em 1986, foi transferido para Araruama, RJ, onde exerceu a função de Pároco.

Em 1990 foi nomeado o sexto Bispo da Diocese de Valença. Sua ordenação Episcopal e Posse ocorreu no dia 13 de Maio de 1990. Seu ministério episcopal na Diocese de Valença, foi voltado para a participação dos leigos nas atividades religiosas, valorizando as pequenas comunidades. Implantou a Pastoral de Conjunto, integrando as seis linhas básicas preconizadas pela CNBB, através da Coordenação Diocesana de Pastoral.

Na Administração, seu testemunho foi admirável. Sempre com os pés no chão, fez o que estava ao alcance da Diocese, e priorizando os trabalhos, continuou as reformas, ampliou o Patrimônio e apoiou nossas Paróquias para que fizessem o mesmo.

Em sua grandiosa simplicidade, realizou um excelente trabalho administrativo e pastoral em nossa Diocese. No ano de 2015, Dom Elias celebrou seus 50 anos de ordenação sacerdotal e 25 anos de ordenação episcopal, junto ao povo da Diocese que tanto amou. Dom Elias James Manning, pastoreou a Diocese de Valença por 24 anos, de 1990 a 2014.

O Bom Pastor que guiou Dom Elias em toda sua existência, acolha na Jerusalém do Céu esse incansável servidor do Evangelho e da Igreja. A todos aqueles que choram sua partida, chegue o conforto da minha bênção e orações.

Valença, 13 de outubro de 2019.

Dom Nelson Francelino Ferreira
Bispo da Diocese de Valença, RJ
Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.