Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 22/11/2019

22 de Novembro de 2019

Prêmios de Comunicação da CNBB: ganhadores são homenageados em cerimônia

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

22 de Novembro de 2019

Prêmios de Comunicação da CNBB: ganhadores são homenageados em cerimônia

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

02/08/2019 17:27
Por: Redação

Prêmios de Comunicação da CNBB: ganhadores são homenageados em cerimônia 0

Foi ao ar na noite desta quarta-feira, 31 de julho, a cerimônia de entrega dos Prêmios de Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Gravada em Trindade (GO) e em Goiânia (GO), a premiação contou com a presença dos participantes do 11º Mutirão Brasileiro de Comunicação (Muticom). A transmissão foi feita por emissoras de TV de inspiração católica.

No início do programa, foi exibida a mensagem do arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo: “Os prêmios de comunicação concedidos pela CNBB são uma homenagem especial aos que se dedicam a sensibilizar corações na verdade e no amor”, afirmou. Considerando a realidade marcada por uma profusão de imagens, sons e notícias e os conteúdos “com qualidade questionável”, dom Walmor chamou atenção para um certo “entorpecimento” e ressaltou que os trabalhos homenageados pela Conferência “são remédios que ajudam no combate a esse mal”.

“A CNBB reconhece a importância o valor de cada pessoa que, à serviço do bem e da verdade, se dedica à comunicação, cidadãos que criam laços de fraternidade e solidariedade, corresponsabilidade a partir de seus trabalhos”.

O presidente da CNBB ainda reforçou que a homenagem organizada pela Comissão Episcopal para a Comunicação da entidade é um “estímulo para que muitos busquem edificar uma sociedade mais sensível, menos indiferente – porque a indiferença compromete a paz – fazendo chegar aos corações mensagens que de fato sejam fontes de mudanças”.

Também foram entregues menções honrosas a profissionais que se destacam ou se destacaram em sua atuação na comunicação. A premiação recebe o nome de irmã Dorothy Stang.

O programa ainda foi dedicado ao professor Miguel Pereira, da PUC-Rio, falecido em janeiro deste ano. Miguel colaborou na organização do prêmio Margarida de Prata por várias décadas.

Saiba quem são os ganhadores da 52ª edição dos Prêmios de Comunicação da CNBB visitando o portal da CNBB: bit.ly/336RQeS

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.