Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 18/04/2019

18 de Abril de 2019

Semana Santa: Mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

18 de Abril de 2019

Semana Santa: Mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

12/04/2019 19:54 - Atualizado em 12/04/2019 20:10
Por: Priscila Xavier

Semana Santa: Mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus 0

Centralidade da fé cristã, o Mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo precisa ser vivenciado de maneira plena. Por isso, para bem preparar os fiéis para a Páscoa do Salvador, a Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro, no centro da cidade, celebrará a Semana Santa, de 14 a 21 de abril.

Domingo de Ramos

Recordando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, neste domingo, dia 14, a Igreja celebrará o Domingo de Ramos, chamado assim porque, na ocasião, o povo cortou folhas de palmeiras para cobrir o chão por onde Cristo passou montado num jumento, poucos dias antes de padecer na cruz. Na Catedral, a celebração será presidida pelo Cardeal Orani Tempesta, com a bênção e a Procissão dos Ramos.

Segunda-feira Santa

O dia 15 será dedicado para que os fiéis possam receber o Sacramento da Reconciliação, por meio da confissão. Haverá padres disponíveis para atendimento das 8h às 17h.

Terça-feira Santa

O dia 16 marcará o início do Tríduo Pascal, através do Ofício das Trevas, que mostra os últimos passos de Cristo, antes da Paixão, representados por 15 velas que são apagadas aos poucos, das quais apenas uma permanece acesa, para lembrar a fé na ressurreição. O ofício será presidido por Dom Orani na Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé, às 18h.

Quarta-feira Santa

Já no dia 17, acontece a Procissão do Encontro, na qual a imagem do Senhor Bom Jesus dos Passos sairá da Catedral Metropolitana, às 19h, enquanto a imagem de Nossa Senhora das Dores sairá da Igreja Nossa Senhora da Glória do Outeiro, na Glória, também às 19h. Ambas seguirão em direção aos Arcos da Lapa, no Centro. No local acontecerá o doloroso encontro entre Jesus e Maria.

Quinta-feira Santa

Uma das primeiras celebrações do dia 18 será a Bênção dos Santos Óleos na Catedral, presidida por Dom Orani, às 8h30. Na ocasião são abençoados os óleos do Crisma, dos Catecúmenos e dos Enfermos, os quais serão utilizados durante todo o ano pelas paróquias. A celebração também contará com a presença de todo o clero arquidiocesano que, junto, renovará suas promessas sacerdotais, reafirmando o compromisso de seguir a Cristo. Neste dia, a Arquidiocese do Rio também comemorará 10 anos de missão do ministério de Dom Orani como Arcebispo do Rio.

À noite, a Igreja celebrará a Missa In Cena Domini, que recorda a Última Ceia de Jesus com os apóstolos. Foi justamente nessa ocasião que o Senhor lavou os pés dos 12 apóstolos, deixando a toda Igreja um exemplo a seguir. Por isso, os sacerdotes lavam os pés de membros da comunidade, renovando, também, seu compromisso de serviço a Cristo e à Igreja.

Essa celebração será presidida por Dom Orani, às 18h. Em seguida, dará início à vigília em honra ao Santíssimo Sacramento.

Sexta-feira Santa

A manhã do dia 19 terá início com a vigília em honra ao Santíssimo Sacramento, às 8h. Na parte da tarde, a partir das 15h, a Igreja é convidada a meditar o caminho doloroso que Jesus percorreu, desde o Pretório até o Calvário, recordando a Paixão e a Morte de Jesus. Às 17h, haverá, também, a Procissão do Senhor Morto com o Auto da Paixão.

Sábado Santo

Ao longo desse dia, 20, a Catedral ficará aberta para orações pessoais, mostrando que a Igreja permanece junto com Cristo no sepulcro, em jejum e oração. Somente à noite será celebrada a grande Vigília Pascal, às 20h.

Domingo da Páscoa do Senhor

Esse é o dia santo mais importante da fé cristã, no qual se celebra a vitória de Jesus sobre o pecado e a morte. Neste dia, 21, a missa será presidida pelo Cardeal Orani João Tempesta, às 10h. Logo depois, haverá uma confraternização e um almoço pascal junto com a população em situação de rua.

Domingo da Misericórdia

Na Oitava de Páscoa, os fiéis são convidados a celebrar a Festa da Misericórdia, no dia 28 de abril, com início às 13h, na Catedral. Instituída por São João Paulo II, no jubileu do ano 2000, a solenidade é uma resposta ao pedido de Jesus à Irmã Faustina, desejando que a Festa da Misericórdia fosse celebrada anualmente. 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.