Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 18/04/2019

18 de Abril de 2019

Coleta em favor da Terra Santa

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

18 de Abril de 2019

Coleta em favor da Terra Santa

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

29/03/2019 12:03 - Atualizado em 29/03/2019 12:03
Por: Rádio Vaticano

Coleta em favor da Terra Santa 0

Será realizada, em 19 de abril próximo, a Coleta em favor da Terra Santa 2019 que a Igreja promove no mundo inteiro tradicionalmente na Sexta-feira Santa. A iniciativa foi instituída pelo Papa Paulo VI em favor dos Lugares Santos e dos cristãos que vivem no Oriente Médio.

Para a ocasião, o prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, Cardeal Leonardo Sandri, e o secretário, Dom Cyril Vasil, enviaram uma carta às Conferências Episcopais e a cada bispo, intitulada “Comunhão e solidariedade com a Igreja em Jerusalém”, recomendando vivamente a participação de toda a Igreja na Coleta em favor da Terra Santa.

Solidariedade na caridade

A carta ressalta que “o caminho quaresmal convida cada um de nós a voltar aos lugares e aos acontecimentos que mudaram o curso da História da Humanidade e a existência pessoal de cada um de nós: são os lugares e os acontecimentos que nos transmitem a memória viva de tudo aquilo que o Filho de Deus encarnado disse, cumpriu e sofreu para a nossa redenção”.

Segundo a mensagem, “revivendo os mistérios da nossa salvação, podemos pensar, com maior fervor, nos irmãos e irmãs que vivem e testemunham a fé em Cristo morto e ressuscitado na Terra Santa, expressando-lhes a nossa solidariedade na caridade”.

Ouvir novamente São Paulo VI

“Este ano, por ocasião da Coleta em favor da Terra Santa, unidos ao convite do Papa Francisco, queremos também ouvir novamente São Paulo VI que visitou a Terra Santa, no início de janeiro de 1964, sendo o primeiro sucessor do Apóstolo Pedro a realizar tal peregrinação.

Na Exortação Apostólica “Nobis in Animo”, com a qual, em 1974, institui a Coleta, afirma: A Igreja de Jerusalém ocupa um lugar de eleição na solicitude da Santa Sé e na preocupação de todo o mundo cristão, enquanto o interesse pelos Lugares Santos, e em particular pela cidade de Jerusalém, emerge mesmo nos grandes consensos das nações e nas maiores organizações internacionais. Tal atenção é hoje primordialmente pedida em razão dos graves problemas de ordem religiosa, política e social ali existentes”.                                            

A carta destaca também que “hoje o Oriente Médio assiste a um processo que dilacera as relações entre os povos daquela região, criando uma situação de injustiça tal, que esperar a paz se torna quase temerário”. Nos últimos tempos, houve uma retomada dos peregrinos que visitam a Terra Santa provenientes da China, Índia, Indonésia, Filipinas e Sri-Lanka. “Tal vitalidade apostólica é um grande sinal para a comunidade local, e interpela as comunidades do Ocidente, que são tentadas ao desencorajamento e à resignação, a viver e a testemunhar a fé cotidianamente”, conclui a carta.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.