Arquidiocese do Rio de Janeiro

28º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 21/03/2019

21 de Março de 2019

Paróquia São Benedito, em Pilares, celebra 85 anos de fundação

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

21 de Março de 2019

Paróquia São Benedito, em Pilares, celebra 85 anos de fundação

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

15/03/2019 10:02 - Atualizado em 15/03/2019 10:02
Por: Carlos Moioli / Priscila Xavier

Paróquia São Benedito, em Pilares, celebra 85 anos de fundação 0

Para celebrar os 85 anos de fundação da Paróquia São Benedito, em Pilares, a comunidade paroquial preparou  programação que teve início no dia 10 de março, com a presença de diversos sacerdotes, e que findará no dia 19, data do jubileu.

Na ocasião, a missa em ação de graças será presidida pelo bispo auxiliar do Rio Dom Roque Costa Souza, às 19h. Ainda dentro da programação, haverá a presença do Cardeal Orani João Tempesta, que presidirá a missa neste domingo, dia 17, às 18h.

Breve histórico

Pároco da comunidade há quase 20 anos, monsenhor José Mazine Rodrigues contou que “a paróquia começou com um grupo de terço, formado por senhoras que rezavam no local, por volta do ano de 1886, quando teve início a Venerável Irmandade de São Benedito de Pilares”.

O nome ‘Pilares’ surgiu devido a um casarão que existia na região, com uma grande varanda com pilares em toda a volta. O povo se referia ao lugar como “bairro da casa dos pilares”, o que deu origem ao nome atual.

O terreno onde eram realizadas as orações do terço pertencia à Francisca Zieze que, devota e atuante na comunidade, cedeu o terreno para a construção da primeira capela, a qual ficou sob a responsabilidade da Paróquia São Tiago, em Inhaúma. “A comunidade foi crescendo ao longo do tempo e, dia 19 de março de 1934, Dom Jaime de Barros Câmara a elevou ao título de paróquia”, disse o monsenhor.

Até o momento, nove sacerdotes passaram pela comunidade, deixando suas marcas na missão evangelizadora. “Sou o nono pároco, tomei posse no dia 12 de setembro de 1999. Todos os demais sacerdotes foram homens dedicados à causa do Evangelho. Substituí o padre Leonardo. A paróquia já estava estruturada, mas ainda foi necessário organizar alguns grupos, uma vez que na comunidade não havia coroinhas, por exemplo”, comentou monsenhor Mazine.

A criação do grupo de coroinhas foi o primeiro passo porque, segundo o monsenhor, “é a partir dos coroinhas que nascem as vocações”. Tal ousadia já rendeu frutos para a paróquia: a ordenação de cinco sacerdotes e o ingresso de outros seis jovens para o seminário.

Além da pastoral dos coroinhas, também foram fundados os círculos bíblicos e as pastorais Vocacional, Familiar, Dízimo, Acolhida, Liturgia, Crianças, Adolescentes, Catequese, Perseverança e outros movimentos.

Monsenhor Mazine ainda destacou que, mesmo com o crescimento da paróquia, a evangelização, em comunhão com a irmandade, continua. “É uma paróquia muito movimentada, e temos a graça de trabalhar em conjunto com a irmandade. A evangelização continua. Sempre realizamos as vias-sacras e procissões nas ruas, porque acredito que também seja um canal de evangelização, além dos trabalhos sociais, como a distribuição de sopas aos irmãos que estão em situação de rua, bem como outras benfeitorias”, afirmou.

Visando tanto o crescimento demográfico, quanto o paroquial, o pároco já está organizando a comunidade para a criação da quinta capela. “Nossas capelas são uma rede de comunidades. Estamos construindo mais uma, dedicada a São Paulo Missionário. Nossa região possui muitas vias expressas, por isso, construiremos essa nova comunidade para que as crianças e os idosos possam estar mais próximos. Também buscamos estar presentes nos condomínios; em um deles, há 990 apartamentos, onde já há um círculo bíblico, mas queremos fundar mais um”, completou.

No próximo ano, monsenhor Mazine completará 50 anos de vida sacerdotal. Porém, agora, ele deseja saúde para continuar a vida missionária em Pilares. “Que Deus me conceda saúde para continuar na obra missionária dessa paróquia. Celebrar esses 85 anos é uma graça muito grande que me foi concedida. Continuo nesse trabalho, celebrando e dando graças ao Senhor, junto com o povo de Deus, por mais esse ano”, finalizou.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.