Arquidiocese do Rio de Janeiro

28º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 21/03/2019

21 de Março de 2019

Reunião do Regional Leste 1 com coordenadores de pastoral

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

21 de Março de 2019

Reunião do Regional Leste 1 com coordenadores de pastoral

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

01/03/2019 10:54 - Atualizado em 01/03/2019 10:54
Por: Da redação

Reunião do Regional Leste 1 com coordenadores de pastoral 0

A presidência do Regional Leste 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se reuniu com os coordenadores de pastoral, na tarde do dia 25 de fevereiro, na sede da Mitra Arquidiocesana, para fazer uma retrospectiva do ano que se passou e criar novas diretrizes de trabalho para este ano que se inicia. Essa foi a primeira de duas reuniões que acontecem anualmente entre esses núcleos: a outra será no segundo semestre, como de costume.

Dom Tarcísio Nascentes dos Santos, secretário do Regional Leste 1 e bispo de Duque de Caxias, contou que, no encontro, três pontos ganharam destaque nas exposições feitas pela presidência: o cuidado com o crescimento espiritual pessoal, que supõe a abertura para o chamado à santidade; o empenho missionário; e a presença cristã e cidadã na sociedade.

“E isso diz respeito, sobretudo, aos nossos fiéis leigos e leigas: essa presença cristã e cidadã”, pontuou. “Nessa reunião, se procurou, além da partilha que as pastorais fazem de seus projetos e programação, refletir e fazer ecoar a mensagem dos bispos por ocasião do encerramento do Ano do Laicato, que aconteceu recentemente. Fizemos votos para que o legado possa dar muitos frutos”, afirmou ele, referindo-se ao fato de que os coordenadores de pastoral são fiéis leigos.

Troca de experiências

Maria José Trindade Moreira de Macedo, coordenadora da Pastoral Familiar no Regional Leste 1, contou um pouco do trabalho que vem sendo desenvolvido pela pastoral que coordena e como as reuniões são importantes para a troca de experiências e de perspectivas.

“Hoje tivemos a graça de nos relacionar mais intensamente com a Pastoral da Sobriedade, e nós estamos à disposição de todas as pastorais. Esse é o nosso compromisso. Dentro do setor de casos especiais da Pastoral Familiar, nosso grande desejo é colaborar com as pessoas que têm um dependente químico em casa”, contou.

Em 2018, foi realizado o 9º Congresso Regional da Pastoral Familiar do Leste 1, em novembro. “Tivemos mais de 600 pessoas envolvidas nesse congresso, entre participantes e aqueles que nos acolheram. Foi um momento único”, exclamou.

O congresso foi realizado no Colégio Naval, em Angra dos Reis, graças a um pedido do arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, à Diocese de Itaguaí. Contou com a participação do bispo referencial para a Pastoral Familiar, Dom Antonio Augusto Dias Duarte, de Dom Tarcísio, e do anfitrião, Dom José Ubiratan, bispo da Diocese de Itaguaí.

Ele acontece de três em três anos e o próximo será na Diocese de Valença, com a acolhida de Dom Nelson Francelino, que foi bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio.

Outro evento que foi conversado no encontro foi a Peregrinação Nacional das Famílias ao Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida (SP), que acontece há 11 anos, no último domingo de maio. Este ano será no dia 26 do Mês Mariano.

“Há nove anos consecutivos acontece um simpósio no Centro de Convenções Padre Vitor Coelho de Almeida, ao lado do santuário. Este ano será no dia 25 de maio e contará com a presença do padre Zezinho, de Dom João Bosco, bispo que preside a Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB. Será um momento muito importante e convocamos o Brasil inteiro para participar”, convidou.

Em breve, acontecerá também o lançamento do subsídio Hora da Família, que está em seu 23º ano de existência. Ele ajuda a vivenciar a Semana Nacional da Família, que acontece em agosto de cada ano. “Esse ano, devido à comemoração dos 25 anos do tema da Campanha da Fraternidade que teve como tema: ‘A Família, como vai?’, o subsídio terá o mesmo tema e norteará os trabalhos da pastoral na Semana Nacional da Família”, explicou Maria José.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.