Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 18/09/2019

18 de Setembro de 2019

Congresso em Aparecida reuniu dois mil catequistas

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

18 de Setembro de 2019

Congresso em Aparecida reuniu dois mil catequistas

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

15/02/2019 11:36 - Atualizado em 20/02/2019 10:36
Por: Da redação

Congresso em Aparecida reuniu dois mil catequistas 0

Catequistas de todo o Brasil se reuniram no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), de 8 a 10 de fevereiro, para o congresso “Catequistas Brasil”. O objetivo da organização do evento, feita pela revista “Paróquias”, foi levar formação para os catequistas a fim de que se dediquem à pastoral de forma evangelizadora e missionária, munidos de estratégias e métodos construtivos que beneficiam na formação dos discípulos de Jesus, e, também, oferecer conhecimentos técnicos e didáticos para capacitar os catequistas, inclusive abordando temas relacionados às novas tecnologias. A revista “Paróquias” publica conteúdos sobre gestão eclesial e prática pastoral.

O evento aconteceu no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, que fica ao lado do santuário, e reuniu cerca de duas mil pessoas. Além da atividade central, uma plenária, contou também com conferências temáticas, oficinas ministradas por catequistas e quatro arenas catequéticas: Conhecimento, Pedagógica, Comunicação e Vocacional, além de tendas para experiências diversas.

“Foram dois mil catequistas reunidos com o único intuito de salvar almas. Porque ninguém tem a catequese como profissão e, sim, como missão. Ninguém ganha dinheiro dando aulas de catequese. Ao mesmo tempo, foi um evento pago. Por ser Aparecida, acabou sendo um custo mais alto porque precisava de hospedagem, entre outras coisas. Então foram pessoas que investiram ou receberam investimento para estar ali pensando em como salvar almas. Isso não tem preço”, afirmou Alexandre Varela, autor do blog “O Catequista” e de livros sobre a fé católica.

Ele foi o último palestrante do evento e falou sobre o papel do catequista nesse momento do pontificado de Francisco.

“Ele é diferente dos outros pontífices. Papa São João Paulo II era muito carismático, mas quando pegávamos para ler seus escritos, percebíamos que ele era extremamente catequético. Bento XVI então nem se fala. Ler as coisas que ele escreve é como ter uma aula. Já Francisco, não. Francisco vai fazer o anúncio. Poderíamos dizer que é o kerigma, mas é um passo antes do kerigma, ainda porque ele faz um anúncio mais sutil, mais primordial. Ele chama. E nosso papel como catequistas é acolher e catequizar”, disse.

O conteúdo do congresso foi elaborado por leigos e religiosos especialistas em catequese, sob a supervisão dos padres Paulo Cesar Gil, da Arquidiocese de São Paulo, membro da Comissão Bíblico-Catequética da CNBB, e João Carlos Almeida, da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus (SCJ), conhecido como padre Joãozinho. Eles foram dois dos mais de 80 palestrantes do evento.

“Foi um grande festival de três dias com troca de conhecimentos, shows – porque é legal que as pessoas, de alguma maneira, se confraternizem – e tudo na casa da Mãe Aparecida que, por si só, já é um espetáculo à parte”, elogiou Varela.

Maria Christina Siqueira Veríssimo, catequista da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Pechincha, contou que gostou muito da experiência que teve no evento.

“Eu achei que não tinha perfil para estar entre os jovens e adultos aqui, mas fui mesmo assim e achei a experiência fantástica. Foi maravilhoso! Lindo! As palestras foram ótimas! Valeu muito a pena! Acrescentou-me espiritualmente. Nós já fazemos uma caminhada, e esse congresso complementou essa nossa caminhada. A proposta do encontro de catequese é apresentar Jesus às pessoas através do seu próprio testemunho de vida. E esse testemunho precisa ser compatível com a Palavra e os mandamentos de Deus. E isso tudo foi pregado lá”, pontuou.

Mais informações no site: www.catequistasbrasil.com.br 


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.