Arquidiocese do Rio de Janeiro

24º 17º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 19/08/2019

19 de Agosto de 2019

Vigília: Papa convida jovens a sonhar, guardar raízes e dizer “sim” a Deus

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

19 de Agosto de 2019

Vigília: Papa convida jovens a sonhar, guardar raízes e dizer “sim” a Deus

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

26/01/2019 00:00 - Atualizado em 27/01/2019 12:15
Por: Priscila Xavier

Vigília: Papa convida jovens a sonhar, guardar raízes e dizer “sim” a Deus 0

Certamente, o momento ápice de toda a Jornada Mundial da Juventude é a vigília que, no Panamá, aconteceu no Campo São João Paulo II, no Metro Park, tendo início na tarde deste sábado, 26 de janeiro. Conduzida pelo Papa Francisco, os jovens refletiram, não somente sobre o “sim” de Maria, mas também o “sim” à vida e à família.

Logo no início do encontro, foi apresentada uma encenação que contou o testemunho do casal Erika e Rogelio, durante a espera da chegada da filha Inês, que possui deficiência.

Dessa forma, o Papa começou o discurso afirmando que Cristo é sempre “o primeiro a dizer ‘sim’ à nossa vida, à nossa história e quer que também nós digamos ‘sim’ juntamente com Ele. Foi assim que surpreendeu Maria, convidando-a para fazer parte desta história de amor. Sem dúvida, a jovem de Nazaré não aparecia nas redes sociais de então, não era uma influencer, mas, sem querer nem procurá-lo, tornou-se a mulher que maior influência teve na história. Maria, a influencer de Deus”, destacou

Para ele, “o ‘sim’ e o desejo de servir de Maria foram mais fortes do que as dúvidas e dificuldades”. Ele também ressaltou que “dizer ‘sim’ ao Senhor é ter a coragem de abraçar a vida como vem, com toda a sua fragilidade e pequenez e, muitas vezes, até com todas as suas contradições e insignificâncias”.

Francisco também frisou que, apesar dos pecados, Jesus quer escrever uma história de amor na vida de cada pessoa. “O amor do Senhor é maior que todas as nossas contradições, fragilidades e mesquinheis, mas é precisamente através das nossas contradições, fragilidades e mesquinheis que Ele quer escrever esta história de amor. Abraçou o filho pródigo, abraçou Pedro depois de o ter negado e abraça-nos sempre depois das nossas quedas, ajudando-nos a levantar e ficar de pé. Porque a verdadeira queda, aquela que pode arruinar a vida, é ficar por terra e não se deixar ajudar”, sublinhou.

O Pontífice também evidenciou quatro situações que podem dificultar o sonho de um futuro melhor. “Sem instrução, é difícil sonhar o futuro; sem trabalho, é muito difícil sonhar o futuro; sem família nem comunidade, é quase impossível sonhar o futuro. Porque sonhar o futuro é aprender a responder não só porque vivo, mas também para quem vivo, por quem vale a pena gastar a vida”, pontuou.

O Papa convidou a juventude e serem os guardiões das raízes neste século. “Ser um influencer no século XXI significa ser guardião das raízes, guardião de tudo aquilo que impede a nossa vida de tornar-se ‘gasosa’, evaporando-se no nada. Sede guardiões de tudo o que permite sentir-nos parte uns dos outros, pertencer-nos mutuamente”, disse.

Antes da adoração ao Santíssimo Sacramento, Francisco fez um apelo aos jovens para que estes não tenham medo e para que também rezem pelo Santo Padre. “Não tenhais medo de abrir o coração a Jesus, pedindo que renove o fogo do amor d’Ele, e vos induza a abraçar a vida com toda a sua fragilidade e pequenez, mas também com toda a sua grandeza e beleza. Que Ele vos ajude a descobrir a beleza de estar vivo. Não tenhais medo de Lhe dizer que vós também quereis fazer parte da sua história de amor no mundo, que sois para um ‘mais’. Amigos, peço-vos também que, neste face a face com Jesus, rezeis por mim para que também eu não tenha medo de abraçar a vida, guarde as raízes e diga com Maria: ‘Faça-se em mim segundo a Tua palavra’”, finalizou.

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.