Arquidiocese do Rio de Janeiro

31º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 20/05/2019

20 de Maio de 2019

Cursos de Férias 2019

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

20 de Maio de 2019

Cursos de Férias 2019

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

12/01/2019 15:07 - Atualizado em 12/01/2019 15:07
Por: Flávia Muniz

Cursos de Férias 2019 0

Completando o quinto ano consecutivo de realização dos cursos de férias, o Instituto Superior de Ciências Religiosas, em parceria com o Seminário Arquidiocesano de São José, oferece nova grade de disciplinas, para o período de 4 a 9 de fevereiro, em dois turnos: das 14h às 17h e das 18h às 21h. Este ano, os cursos acontecerão nos vicariatos Jacarepaguá, Suburbano, Leopoldina e Sul. E, como sempre acontece, serão ministrados por seminaristas e formadores do Seminário de São José, sob a orientação do padre Wagner Augusto dos Santos, recém titulado mestre em teologia pela PUC-Rio.

Serão disponibilizadas de seis a nove disciplinas por vicariato, distribuídas em três tempos por cada turno. O encerramento dos cursos ocorrerá no dia 9 de fevereiro, sábado, às 9h, nas respectivas paróquias onde as aulas estarão acontecendo.

Para o padre Wagner Augusto, “o número crescente de seminaristas à disposição para o trabalho é, sem dúvida, um diferencial na organização dos cursos este ano. Nós conseguimos alocar o curso de férias em quatro vicariatos distintos, e os trabalhos, praticamente, são todos realizados por seminaristas. Temos uma variedade grande de disciplinas das áreas de teologia e filosofia. E trazemos como novidade: o “Tratado das Paixões”, em que falaremos das paixões de uma maneira geral, tanto as relacionadas ao bem como ao mal; e o curso “Comentário ao Credo”. O Símbolo dos Apóstolos será abordado em cada um dos atos de fé nele expressos, e será demonstrada a relevância da profissão de fé para a Igreja”, disse o coordenador.

O seminarista Leandro Rêgo ministrará o curso “A ciência de Deus e a liberdade do homem”, e explicou que a principal motivação para propor este curso é o fato de que, segundo ele, “a sociedade atual se moldou em torno de uma falsa ideia de liberdade e de uma falsa ideia de Deus. Os conceitos de destino e livre arbítrio estão confusos e parece que, de dois, apenas um caminho é possível: ou Deus conhece todas as coisas que acontecerão, e o homem, portanto, não é livre para escolher seus caminhos; ou Deus não sabe de tudo, e o homem é livre. Todavia, há uma terceira via: a via de Santo Tomás de Aquino, que demonstra como é possível que Deus saiba de todas as coisas e, ainda assim, o homem seja livre, explicou Leandro, que já concluiu a formação em filosofia.

Ex-aluno da disciplina “Bens culturais da Igreja”, na Universidade Gregoriana de Roma, o seminarista Fernandes Elias Júnior propõe os cursos “Filosofia da arte (estética)” e “Introdução à arte sacra”, “abordando os conceitos filosóficos da arte, à luz dos estudos de Immanuel Kant, Friedrich Von Schiller e Friedrich Wilhelm Joseph von Schelling e, a partir deles, propor a análise  da estética no que tange ao gosto, o sublime, a beleza e a feiúra. E no curso “Introdução à arte sacra” serão abordados, de um modo geral: a arte sacra a serviço da liturgia; a diferença entre arte religiosa e arte sacra; a arquitetura sacra e a leitura da obra de arte”, explicou Elias Júnior.

Para os amantes da iconografia, ele adiantou que pretende introduzir o método desenvolvido  pelo alemão Erwin Panofsky - crítico e historiador da arte, um dos principais representantes do chamado método iconológico. Panofsky faz uma distinção entre iconografia e iconologia, sendo essa última a investigação do modo como, de acordo com as diferentes condições históricas a que está sujeito, o artista escolhe o tema, o objeto ou o fato de sua recriação artística. Sendo a obra de arte produto de um ambiente histórico, a iconologia, portanto, leva em conta a história pessoal, técnica e cultural para se entender uma obra.

O diácono transitório Rafael Martins ministrará o curso “História da Igreja Antiga e Escatologia”. Segundo ele, “a matéria de escatologia trata sobre o que a Igreja chama ‘os novíssimos do homem’, que são os assuntos relacionados à vida eterna, morte, juízo, céu, inferno e purgatório, tudo segundo os dogmas da religião cristã, isto é, da fé católica. O curso de História da Igreja versará sobre os acontecimentos após a Ascensão de Nosso Senhor até os nossos dias. Em relação à História antiga, abordaremos os primeiros séculos da Igreja”, esclareceu Rafael, que está exercendo o ministério na Paróquia Santos Anjos no Leblon.

A coordenação avalia que, nestes cinco anos, a participação nos cursos tem sido cada vez mais expressiva e, ano após ano, vem despertando nos envolvidos um renovado amor pela Igreja e um maior interesse em buscar o conhecimento sobre ela e os temas relacionados à fé. Como resultado disso, os alunos acabam, por extensão, inserindo-se também nas Escolas de Fé e Catequese Mater Ecclesiae e Luz e Vida, além dos outros cursos regulares do Instituto Superior de Ciências Religiosas.

As matrículas podem ser realizadas na página do ISCR, acessando o link:  https://iscrarqurio.wordpress.com/curso-de-ferias

O investimento é R$ 10 (dez reais), a ser pago no primeiro dia de aula. Os interessados poderão adquirir também as apostilas, cujo valor varia de R$ 5 a R$ 15.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones: 3961-3140 (de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h), 97168-4946 (WhatsApp), ou ainda pelo e-mail iscrarqrio@gmail.com.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.