Arquidiocese do Rio de Janeiro

31º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 17/06/2019

17 de Junho de 2019

Padroeiro do Rio intercede pelo povo fluminense na Central do Brasil

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

17 de Junho de 2019

Padroeiro do Rio intercede pelo povo fluminense na Central do Brasil

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

10/01/2019 18:59 - Atualizado em 10/01/2019 19:01
Por: Giselle Martello / Raphael Freire

Padroeiro do Rio intercede pelo povo fluminense na Central do Brasil 0

A Arquidiocese do Rio de Janeiro celebra, neste ano de 2019, a 10ª edição da Trezena de São Sebastião. E pela primeira vez na história, a comitiva presidida pelo arcebispo da cidade, Cardeal Orani João Tempesta, deixa de lado os motores dos carros que seguem pelas vias, e os pés que andam pelas muitas ruas, nas procissões promovidas pelas comunidades, para peregrinar e testemunhar a devoção ao santo padroeiro também na malha ferroviária de 270 km - dividida em cinco ramais, três extensões e 104 estações - e responsável por transportar, em média, 600 mil passageiros por dia útil.

Na tarde desta quinta-feira, 10 de janeiro, o cortejo da Trezena de São Sebastião saiu da estação da SuperVia no Méier em direção à Central do Brasil, uma das mais famosas estações ferroviárias do país, onde Dom Orani presidiu a celebração missionária na Capela Nossa Senhora Aparecida, situada dentro do terminal, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico (Iphan). Há 40 anos fechada, a igreja foi reaberta em outubro de 2018, durante o evento itinerante “Brasil com Fé”, organizado pelo reitor do Santuário Cristo Redentor e pároco da Igreja São José, na Lagoa, padre Omar Raposo.      

A imagem peregrina foi acolhida pelo pároco da Igreja Santa Catarina de Alexandria –responsável pela capela – padre Carlos Nogueira. O sacerdote dedicou suas orações aos que estão nas periferias existenciais próximas à região da Central do Brasil, no Centro do Rio.    

“Nós recebemos com muito carinho a imagem de São Sebastião nesta tarde e desta forma honramos o nosso padroeiro e levamos as bênçãos dele a todo esse povo sofrido dos arredores da Central do Brasil... Aos miseráveis, aqueles que não têm teto, aos pobres, aos marginalizados, às prostitutas, aos dependentes químicos, às pessoas mais abandonadas que vivem nas ruas e que lutam a cada dia para sobreviver. Que São Sebastião interceda por eles, por nossa paróquia e por todo o Rio de Janeiro”, desejou padre Carlos.    

Hospital Naval Marcílio Dias

Ainda na tarde desta quinta-feira, antes de seguir de trem do Méier para a Central do Brasil, a imagem peregrina de São Sebastião visitou o Hospital Naval Marcílio Dias, em Lins de Vasconcelos, sendo recebida pelo diácono permanente da Arquidiocese Militar do Brasil, João Luiz Soares. O arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta presidiu a celebração missionária no auditório, situado no 14º andar, acompanhado do vice-diretor de saúde, comandante Antonio Carlos Barbosa Nardin Lima. Após o momento de oração, Dom Orani abençoou todos os presentes e visitou os enfermos internados nas alas da Pediatria e Oncologia.

“É sempre um grande prazer receber Dom Orani e trazer tão grande exemplo de vocação como São Sebastião no meio de nós que atuamos na área saúde. A presença da Trezena aqui nos faz lembrar que sempre existe amor e que é só a gente procurar, porque ele está sempre dentro de nós... Jesus está sempre dentro de nós! E nos momentos fáceis e difíceis nós sempre buscamos dentro de nós esse amor. Se conseguirmos, com um pouco mais de tempo e de discernimento, uma evolução espiritual e cristã, com certeza conseguiremos fazer com que este amor sempre aumente essa corrente de proteção contra as injurias, o pecado, e uma série de coisas que a gente sabe que existe ainda pela nossa pouca evolução momentânea. A presença de São Sebastião e de Dom Orani lembra-nos de nosso sacerdócio, também como profissionais de saúde”, destacou o comandante Antonio Carlos Nardin.

Confira a programação desta sexta-feira, 11 de janeiro:

8h - Visita a Capela São Sebastião, Rua Junquilhos, 180, Morro do Salgueiro;

9h - Visita a Casa Geriátrica São Sebastião, Rua São Miguel, Usina;

10h - Visita a Capela de São Sebastião, no prédio da Associação dos Moradores, Comunidade Casa Branca;

11h - Visita a Capela de São Sebastião, Chácara do Céu – Morro do Borel.


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.