Arquidiocese do Rio de Janeiro

38º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 15/12/2018

15 de Dezembro de 2018

Rezemos pelo Brasil

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

15 de Dezembro de 2018

Rezemos pelo Brasil

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

27/09/2018 18:17 - Atualizado em 27/09/2018 18:17
Por: Coordenação de Pastoral

Rezemos pelo Brasil 0

Hora Santa em intenção do período eleitoral
1º de outubro de 2018

Amados irmãos e irmãs, acolhendo o pedido de nossos pastores, os bispos do Regional Leste 1, e mais especificamente do nosso arcebispo, Cardeal Orani João Tempesta, vamos dedicar nossa oração, neste dia em que iniciamos o mês missionário, na intenção do momento eleitoral que vivemos. Em breve teremos de exercer nossa missão de cidadãos e de cristãos participando ativamente no processo de escolha dos nossos representantes nos cargos públicos, e não podemos fazer boas escolhas se não nos colocamos aos pés do Senhor para suplicar sobre nós a luz do Espírito Santo. Rezemos, hoje, na intenção das eleições que estão chegando, suplicando a misericórdia do Senhor sobre nós, eleitores, e sobre todos os que se candidataram aos cargos do Poder Executivo e Legislativo, que elegeremos pelo nosso voto.

1. Exposição do SS. Sacramento
(de joelhos)
1. Glória a Jesus na Hóstia Santa que se consagra sobre o altar, e aos nossos olhos se levanta para o Brasil abençoar.
REFRÃO: Que o Santo Sacramento, que é o próprio Cristo Jesus, seja adorado e seja amado nesta Terra de Santa Cruz!
2. Glória a Jesus prisioneiro do nosso amor a esperar, lá no sacrário o dia inteiro, que o vamos todos procurar.
3. Glória a Jesus, Deus escondido, que, vindo a nós na Comunhão, purificado, enriquecido, deixa-nos sempre o coração.

2. Adoração Silenciosa
D. Graças e louvores se deem em todo momento
T. Ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento.
D. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
T. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
D. Jesus, manso e humilde de coração,
T. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso.
D. Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento,
T. rogai por nós.

3. Saudação
(de pé)
D. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T. Amém.
D. A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam convosco.
T. Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.
D. Prezados irmãos e irmãs, estamos aqui reunidos para adorar o Senhor, o Rei dos Reis, e diante d’Ele, apresentar nossas súplicas pelo Brasil, neste período eleitoral que vivemos.
T. Diante do Senhor queremos apresentar nossa vida, como eleitores, e a de todos os que se candidataram a nos representar por meio do poder público.
D. Nesta Hora Santa, façamos o esforço de não pedir apenas por nós mesmos, mas, sobretudo, rezarmos como povo brasileiro, que se preocupa com o futuro de toda a nação, especialmente dos menos favorecidos.
T. Comprometemo-nos a estar diante do Senhor neste momento exercendo a missão de intercessores que recebemos pelo Batismo. Queremos ser a parcela do povo de Deus que reza por todo o Brasil, que apresenta ao Senhor um único clamor pelas necessidades de tantos irmãos e irmãs que, como nós, se preocupam com o futuro de nossa nação.
D. OREMOS. Ó Deus, que de modo admirável dispondes todas as coisas, recebei benigno as preces que vos apresentamos pela nossa pátria, para que, pela sabedoria dos governantes e pela honestidade dos cidadãos, firmem-se a concórdia e a justiça, bem como se alcancem a paz e a perpétua prosperidade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
T. Amém.

4. Primeira Leitura (1Sm 8,4-7.10-22a) (sentados)
L. Leitura do Primeira Livro de Samuel.
Naqueles dias, 4todos os anciãos de Israel se reuniram; foram procurar Samuel em Ramá, 5e disseram-lhe: “Olha, tu estás velho, e teus filhos não seguem os teus caminhos. Por isso, estabelece sobre nós um rei, para que exerça a justiça entre nós, como se faz em todos os povos”. 6Samuel não gostou, quando lhe disseram: ‘Dá-nos um rei, para que nos julgue’. E invocou o Senhor. 7O Senhor disse a Samuel: “Atende a tudo o que o povo te diz. Porque não é a ti que eles rejeitam, mas a mim, para que eu não reine mais sobre eles. 10Samuel transmitiu todas as palavras do Senhor ao povo, que lhe pedira um rei, 11e disse: “Estes serão os direitos do rei que reinará sobre vós: tomará vossos filhos e os encarregará dos seus carros de guerra e dos seus cavalos e os fará correr à frente do seu carro. 12Fará deles chefes de mil, e de 50 homens, e os empregará em suas lavouras e em suas colheitas, na fabricação de suas armas e de seus carros. 13Fará de vossas filhas suas perfumistas, cozinheiras e padeiras. 14Tirará os vossos melhores campos, vinhas e olivais e os dará aos seus funcionários. 15Das vossas colheitas e das vossas vinhas ele cobrará o dízimo, e o destinará aos seus eunucos e aos seus criados. 16Tomará também vossos servos e servas, vossos melhores bois e jumentos, e os fará trabalhar para ele. 17Exigirá o dízimo de vossos rebanhos, e vós sereis seus escravos. 18Naquele dia, clamareis ao Senhor por causa do rei que vós mesmos escolhestes, mas o Senhor não vos ouvirá”. 19Porém, o povo não quis dar ouvidos às razões de Samuel, e disse: “Não importa! Queremos um rei, 20pois queremos ser como todas as outras nações. O nosso rei administrará a justiça, marchará à nossa frente e combaterá por nós em todas as guerras”. 21Samuel ouviu todas as palavras do povo e repetiu-as aos ouvidos do Senhor. 22aMas o Senhor disse-lhe: “Faze-lhes a vontade, e dá-lhes um rei”. Palavra do Senhor.
T. Graças a Deus.

5. Salmo Responsorial
[Sl 81(82)]
REFRÃO: Os reis de toda a terra hão de adorar-vos, ó Senhor!
1. Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, * vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, * com equidade ele julgue os vossos pobres.
2. Libertará o indigente que suplica, * e o pobre ao qual ninguém quer ajudar. Terá pena do indigente e do infeliz, * e a vida dos humildes salvará.
3. Seja bendito o seu nome para sempre! * E que dure como o sol sua memória! Todos os povos serão nele abençoados, * todas as gentes cantarão o seu louvor!

6. Aclamação ao Evangelho(de pé)
REFRÃO: Aleluia! Aleluia! A minh’alma abrirei. Aleluia! Aleluia! Cristo é meu Rei.

7. Evangelho
(Mt 20,20-28)
D. O Senhor esteja convosco.
T. Ele está no meio de nós.
D. = Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
T. Glória a vós, Senhor.
D. naquele tempo, 20a mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. 21Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”. 22Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. 23Então, Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”. 24Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. 25Jesus, porém, chamou-os e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem. 26Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; 27quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. 28Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”. Palavra da Salvação.
T. Glória a vós, Senhor.

8. Reflexão
(sentados)
Momento de silêncio para oração pessoal

9. Salmo 81
(de pé)
D. Irmãos e irmãs, nesta nossa oração comum recordemos não somente dos cargos dos Poderes Executivo e Legislativo, que serão preenchidos pelo voto, mas também de todos que nos representam pelo Poder Judiciário, para que exerçam suas funções com retidão e com respeito à Constituição e aos valores morais. Peçamos ao Senhor para que suas mentes se iluminem e, exercendo seus cargos, eles cumpram a justiça e o direito. Rezemos (cantemos) o Salmo 81.
Coro 1: Deus se levanta no conselho dos juízes * e profere entre os deuses a sentença: ‘Até quando julgareis injustamente, * favorecendo sempre a causa dos perversos?
Coro 2: Fazei justiça aos indefesos e aos órfãos, * ao pobre e ao humilde absolvei! Libertai o oprimido, o infeliz, * da mão dos opressores arrancai-os!’
Coro 1: Mas eles não percebem nem entendem, † pois caminham numa grande escuridão, * abalando os fundamentos do universo! Eu disse: ‘Ó juízes, vós sois deuses, * sois filhos todos vós do Deus Altíssimo!
Coro 2: E, contudo, como homens morrereis, * caireis como qualquer dos poderosos!’ Levantai-vos, ó Senhor, julgai a terra, * porque a vós é que pertencem as nações!
T. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

10. Preces
D. Supliquemos a bondade de nosso Deus e Senhor, por todo o povo brasileiro, em especial para este momento em que nos preparamos para eleger nossos representantes.
1. Pela Santa Igreja, rebanho do Senhor, que proclama a Cristo como seu único Rei, para que continue a exercer sua missão de ser sal da terra e luz do mundo, anunciando a Palavra de Deus e lutando em favor de todos, especialmente dos menos favorecidos, rezemos:
T. Senhor, nosso Rei, ouvi a nossa oração.
2. Pelos candidatos aos cargos do poder Executivo, presidente da República e governadores dos estados, para que se sintam responsáveis pelo bem comum de todos, promovendo a paz e a justiça social por meio do compromisso público que assumirão ao serem eleitos, rezemos:
3. Pelos candidatos aos cargos do poder Legislativo: senadores, deputados federais e deputados estaduais, para que, uma vez eleitos, lembrem-se sempre da responsabilidade que assumiram, e se comprometam em defender os direitos daqueles que representam nos cargos de que foram investidos pelo voto, rezemos:
4. Pelos integrantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, para que exerçam com retidão seu ofício, de modo que os males que nos atingem, especialmente a corrupção e seus efeitos, sejam eliminados do nosso meio, para nosso bem e de todas as pessoas, rezemos:
5. Por todo o povo brasileiro, detentor do poder que é delegado aos que são eleitos pelo voto, para que se conscientizem da importância de escolher bem os candidatos cujas propostas melhor atendem aos anseios de dignidade para todos os cidadãos, e de acompanhar o desenvolvimento de seus mandatos, rezemos:
6. Por todos os pobres e excluídos, que, privados de inúmeros direitos, clamam nossa responsabilidade por cuidar deles, para que vejam seus clamores atendidos, tanto pelos governantes como por nós, que os recebemos da parte do Senhor para que deles cuidemos com amor e dedicação, rezemos:
(Podem se acrescentar outras intenções)
P. Senhor, nosso Deus e nosso Rei, dirigi e governai a nossa vida, nossos pensamentos, palavras e ações, para que, obedientes a vós, cumpramos a vossa santa vontade, especialmente o mandamento do amor a vós sobre todas as coisas e ao próximo por vossa causa. Por Cristo, nosso Senhor.
T. Amém.

11. Oração pelos poderes públicos
L. Oremos por todos os governantes: que o nosso Deus e Senhor, segundo sua vontade, lhes dirija o espírito e o coração para que todos possam gozar de verdadeira paz e liberdade.
(Breve pausa)
P. Deus eterno e todo-poderoso, que tendes na mão o coração dos seres humanos e o direito dos povos, olhai com bondade aqueles que nos governam. Que por vossa graça se consolidem por toda a terra a segurança e a paz, a prosperidade das nações e a liberdade religiosa. Por Cristo, nosso Senhor.
T. Amém.

12. Bênção do SS. Sacramento
(de joelhos)
1. Tão sublime Sacramento adoremos neste altar, pois o Antigo Testamento deu ao Novo o seu lugar. Venha a fé por suplemento os sentidos completar.
2. Ao Eterno Pai cantemos a Jesus, o redentor, ao Espírito exaltemos, na Trindade eterno amor. Ao Deus uno e trino demos a alegria do louvor. Amém.
D. Do céu lhes destes o pão.
T. Que contém todo o sabor.
D. Oremos: Senhor Jesus Cristo, neste admirável Sacramento nos deixastes o memorial de vossa Paixão. Dai-nos venerar com tão grande amor o mistério do vosso Corpo e do vosso Sangue, que possamos colher continuamente os frutos da vossa redenção. Vós que viveis e reinais com o Pai, na unidade do Espírito Santo.
T. Amém.
(Segue-se a Bênção do Santíssimo Sacramento)
D. Bendito seja Deus.
T. Bendito seja o seu Santo Nome. Bendito seja Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. Bendito seja o Nome de Jesus. Bendito seja o seu Sacratíssimo Coração. Bendito seja o seu Preciosíssimo Sangue. Bendito seja Jesus no Santíssimo Sacramento do Altar. Bendito seja o Espírito Santo Paráclito. Bendita seja a grande Mãe de Deus, Maria Santíssima. Bendita seja sua Santa e Imaculada Conceição. Bendita seja sua gloriosa Assunção. Bendito seja o nome de Maria, Virgem e Mãe. Bendito seja São José, seu Castíssimo Esposo. Bendito seja Deus nos seus Anjos e nos seus Santos.
D. Deus e Senhor nosso,
T. protegei a vossa Igreja, dai-lhe santos pastores e dignos ministros. Derramai as vossas bênçãos sobre o nosso Santo Padre, o Papa, sobre o nosso cardeal arcebispo, com seus bispos auxiliares e eméritos, sobre o nosso pároco e sobre todo o clero, sobre o chefe da nação e do Estado e sobre todas as pessoas constituídas em dignidade, para que governem com justiça. Dai ao povo brasileiro paz constante e prosperidade completa. Favorecei com os efeitos contínuos de vossa bondade o Brasil, este arcebispado, a paróquia em que habitamos, cada um de nós em particular e todas as pessoas por quem somos obrigados a orar ou que se recomendaram as nossas orações. Tende misericórdia das almas dos fiéis que padecem no purgatório. Dai-lhes, Senhor, o descanso e a luz eterna.
(Pai nosso, Ave Maria,
Glória ao Pai)

13. Canto final
(de pé)
REFRÃO: Viva Cristo na Hóstia Sagrada, nosso Deus, nosso Pão, nossa Lei! Entre nós no Brasil, Pátria amada, viva Cristo Jesus, nosso Rei!
1. Brasileiros em preces e cantos, vamos todos Jesus aclamar. Rei dos homens, dos Anjos e Santos, nós te cremos presente no Altar!
2. Por nós homens no Altar te ofereces a Deus Pai, como outrora na Cruz. Também nós, nossas almas em preces, ofertamos contigo, Jesus!

Oração a Nossa Senhora Aparecida pelo Brasil

Ó Maria Imaculada, Senhora da Conceição Aparecida, aqui estamos, prostrados, diante de vós e de vosso Filho Jesus, o Brasil, que vem de novo consagrar-se à vossa maternal proteção. Nós vos escolhemos para ser padroeira e advogada da nossa pátria; queremos que o Brasil e cada brasileiro sejam inteiramente vosso e de vosso Filho Jesus: de vós sois a sua natureza; de vós sois a sociedade; vossos são os lares e seus habitantes, com seus corações e tudo o que eles têm e possuem; vosso é, enfim, todo o Brasil. Sim, ó Senhora Aparecida, o Brasil é vosso! Por vossa intercessão, temos recebido todos os bens das mãos de Deus, e todos os bens esperamos receber, ainda e sempre, por vossa intercessão. Abençoai, pois, o Brasil, que vos ama; abençoai, defendei e salvai o vosso Brasil! Protegei a Santa Igreja; preservai a nossa fé, defendei o Santo Padre; assisti os nossos bispos; santificai o nosso clero; socorrei as nossas famílias; amparai o nosso povo; esclarecei o nosso governo; guiai a nossa gente no caminho do Céu e da felicidade! Sim, ó Rainha do Brasil, ó Mãe de todos os brasileiros, venha sempre mais a nós o vosso reino de amor, e, por vossa mediação, venha à nossa pátria o Reino de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. Amém.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.