Arquidiocese do Rio de Janeiro

38º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 15/12/2018

15 de Dezembro de 2018

Pastoral do Menor participa de capacitação do ‘Forças no Esporte’

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

15 de Dezembro de 2018

Pastoral do Menor participa de capacitação do ‘Forças no Esporte’

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

20/09/2018 11:09 - Atualizado em 20/09/2018 11:11
Por: Giselle Martello

Pastoral do Menor participa de capacitação do ‘Forças no Esporte’ 0

Noventa e cinco coordenadores, professores e monitores participaram da décima quinta edição da Capacitação Pedagógica do Programa Segundo Tempo – Forças no Esporte (Profesp) para núcleos situados no Estado do Rio de Janeiro.
A preparação ocorreu, de 4 a 6 de setembro, no Centro de Capacitação Física do Exército (Ccfex), na Urca. O treinamento teve o objetivo de habilitar o planejamento pedagógico e preparar os professores para o desenvolvimento de atividades esportivo-educacionais.
Parceria
A Pastoral do Menor, da Arquidiocese do Rio de Janeiro, representada pela coordenadora de projetos sociais Geovana Silva, participou da capacitação, ministrando palestra sobre os resultados da parceria entre as Forças Armadas e a Mitra Arquiepiscopal do Rio de Janeiro, com a Marinha do Brasil, nas respectivas organizações militares: Centro de Instrução Milcíades Portela Alves (CIAMPA), Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais (Cresumar), Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), Centro de Instrução Almirante Silvio de Camargo (CIASC) e Estação Rádio, e ainda, com o Exército Brasileiro (CPOR), das 5.620 vagas disponibilizadas pelo Profesp para o Rio de Janeiro, a Pastoral do Menor atua com 2.450 crianças e adolescentes.
“Foi um momento extremamente importante a nossa participação na capacitação, sobretudo, quando apresentamos a todos os marcos legais para atuação em parceria e os resultados dos 15 anos com o Profesp na cidade do Rio de Janeiro. Desta forma, acreditamos que, juntos, podemos contribuir para garantia dos direitos das crianças, adolescentes e suas famílias. É uma alegria agregar outros parceiros neste trabalho, fato que vem ocorrendo pós-capacitação”, destacou Geovana Silva.
Esporte e educação
Para o diretor do Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa, general Jorge Antonio Smicelato, a realização do evento estimula o fortalecimento do programa. “A capacitação tem como finalidade, principalmente, colocar as pessoas para conversarem, para trocarem as melhores práticas”, ressaltou.
O coordenador-geral do Profesp, José Ferreira de Barros, explicou que o Profesp visa preencher eventuais lacunas na educação com o foco na formação cidadã de crianças e adolescentes. “O programa é enriquecido pela pedagogia do esporte-educacional com a prática de diversas modalidades, como esportes de aventura e de inclusão”, explicou.
Testemunhos
Aluna do Profesp e Cefan desde 2016, Hanlley de Souza Ribeiro, de 15 anos, que mora na comunidade Cordovil, disse que sua vida mudou para melhor, e hoje é mais compromissada e mais disciplinada.
“Sou muito grata de estar no projeto porque é uma oportunidade que reúne os jovens para caminhos perfeitos”, explicou. Treinando com atletas de alto nível da Marinha do Brasil, ela ganhou neste mês de setembro a primeira medalha de bronze num campeonato de atletismo.
O jovem Luiz Henrique Rodrigues Jesus, de 19 anos, que também mora em Cordovil, teve a oportunidade de participar do projeto Profesp e Cefan durante três anos, que o ajudou a ter postura e hierarquia.
“Hoje, eu participo do programa ‘Jovem Aprendiz’, vinculado à Pastoral do Menor. Sou muito grato por tudo que a o projeto me proporcionou, e pelas amizades feitas nos esportes. Agradeço a minha comunidade que foi a porta de entrada para o projeto. Hoje eu trabalho em um laboratório de análise clínicas e está sendo uma experiência muito boa”, contou.
Formada em segurança do trabalho pelo SENAC e especializada em vários cursos na área da beleza, a microempresária Gerlane Neves, de 21 anos, tem muito apreço pelo que aprendeu na vida ao participar do Profesp, proporcionado pela Pastoral do Menor e seus parceiros.
Ela trabalhou na Dasa, uma empresa de grande porte, como jovem aprendiz, no setor da capacitação. Também trabalhou, por causa da parceria com a Pastoral do Menor, na AORE, uma associação de oficiais que existe dentro do Exército Brasileiro.
“O projeto tem uma grande influência sobre as crianças e adolescentes e um conteúdo maravilhoso. É uma educação impecável. Tudo isso me fez sonhar em ter um futuro brilhante, e não importava se era como militar ou na posição que eu me encontro hoje. Fui uma menina muito sonhadora, e o projeto foi muito importante para mim e para a evolução de muitos jovens. Agradeço de todo o meu coração ao Exército Brasileiro e à Pastoral do Menor”, afirmou.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.