Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 21/09/2018

21 de Setembro de 2018

Círio de Nazaré no Rio é marcado pelo desejo de paz e defesa da vida

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

21 de Setembro de 2018

Círio de Nazaré no Rio é marcado pelo desejo de paz e defesa da vida

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

01/09/2018 21:19 - Atualizado em 03/09/2018 20:06
Por: Reportagem: Symone Matias / Texto: Raphael Freire

Círio de Nazaré no Rio é marcado pelo desejo de paz e defesa da vida 0

temp_titleMar_1_03092018195433

Depois de uma manhã repleta de saudações e agradecimentos na Diocese de Nova Iguaçu e no Vicariato Jacarepaguá, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré continuou a visitar diversas regiões da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro neste sábado, dia 1° de setembro. Começava a cair à tarde, quando o cortejo foi recebido com cartazes e muita alegria pelos fiéis da Paróquia Jesus de Nazaré, no Complexo da Maré. A imagem foi acolhida pelo pároco local, padre Pablo Walter Dawabe, na Avenida Brasil, e entrou na comunidade em procissão até a igreja, onde Dom Orani presidiu a Santa Missa com a Crisma de 24 jovens e adultos.

“Estamos muito felizes com a vinda do Círio de Nazaré mais uma vez em nossa comunidade que está toda reunida para este momento de fé. Esta visita de Nossa Senhora é muito importante para nós que vivenciamos a violência todos os dias em nossas comunidades do Rio de Janeiro. A presença da Mãe torna-se um momento sempre especial e que certamente nos dará muitos frutos”, disse o padre Pablo Dawabe.  

O vigário episcopal do Vicariato Leopoldina, padre Alberto Gonzaga de Almeida, destacou as oportunidades que a Arquidiocese do Rio, a diretoria da festa e a guarda de Nazaré de Belém do Pará, proporcionam aos fiéis e devotos ao realizar o Círio na Cidade Maravilhosa.  

“Ao percorrer as paróquias e as comunidades da nossa cidade o Círio de Nazaré tem essa missão de levar a paz e a harmonia. Maria visitar as nossas comunidades significa alcançar essa paz que todos nós almejamos, principalmente, em nossa sociedade tão marcada pela violência, pela falta de amor. Nós do Vicariato Leopoldina muito nos alegramos com o nosso Cardeal por ter tido essa iniciativa de trazer a imagem de Nazaré, pois muitos desejavam participar do Círio em Belém. Dom Orani trazer a imagem até nós significa dizer o quanto também somos queridos e importantes. Muitos gostariam de ir até o Pará, mas impossibilitados pela questão financeira, pela dificuldade que passam, não conseguem ir. Ter a oportunidade de vivenciar o Círio aqui em nossa cidade faz-nos participar com muita devoção e piedade, louvando fervorosamente Maria nossa Mãe”, afirmou padre Alberto.

“Em Jesus, com Maria, restauramos a vida”

Seguindo com o Círio pela Arquidiocese do Rio, a imagem foi conduzida para a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré em Anchieta, no Vicariato Suburbano, onde foi presidida a Santa Missa, seguida de uma vigília, encerrando este segundo dia do Círio de Nazaré. A imagem peregrina foi acolhida pelo pároco, padre Elisandro Iserhard da Silva, e pelo vigário paroquial, padre Hélio da Costa Ferreira. O bairro de Anchieta é justamente onde a devoção a Nossa Senhora de Nazaré é mais antiga, em nosso estado, exatamente, pelos paraenses que se estabeleceram no leste do Rio de Janeiro e trouxeram consigo essa piedosa devoção.

Padre Elisandro ressaltou que neste ano todas as festividades em honra a Nossa Senhora de Nazaré na comunidade trazem o tema: “Em Jesus, com Maria, restauramos a vida”, em virtude da defesa da vida em todas as suas dimensões e contra o aborto. O sacerdote contou ainda que com esta iniciativa a paróquia quer ser um canal de pronunciamento em defesa da vida.

“Estamos muito felizes em receber novamente o Círio de Nazaré. Para nós essa data é muito importante, visto que antecipamos a nossa festa de outubro para setembro e entramos em unidade agora com a tradição da devoção a Nossa Senhora de Nazaré no Rio de Janeiro, que em boa parte é festejada em setembro. É um momento muito forte de bênçãos, alegria e paz, mas, sobretudo, de comunhão espiritual com todo o povo de Deus, com a Arquidiocese e com os devotos de Nossa Senhora de Nazaré que vem implorar e pedir as bênçãos da Mãe, que é Aquela que acolhe, ampara e guarda seus filhos com zelo, carinho e intercede junto ao seu filho Jesus Cristo”, afirmou padre Elisandro.

 

Confira a programação do Círio de Nazaré neste domingo, dia 2 de setembro, no Rio:

9h - Missa na Igreja São Paulo Apóstolo, Rua Barão de Ipanema, 85 - Copacabana

10h30 - Visita ao Instituto Brando Barbosa (IBB), na Rua Lopes Quintas, Jardim Botânico, com o lançamento do livro ‘Guarda o Círio de Nazaré’, da fotógrafa paulista Soraya Montanheiro.

11h45 - Missa na Basílica Santuário de São Sebastião - Rua Haddock Lobo, 266 - Tijuca

13h30 - Visita ao Centro de Tradições Nordestinas, São Cristóvão

15h30 - Visita à Capela Nossa Senhora de Nazaré, Praça Amazônia, s/n - Cacuia

17h - Chegada na Paróquia Nossa Senhora de Nazaré e Santos Mártires Ugandenses, Acari (MiniCírio, em seguida missa)

temp_titleMar_2_03092018195436

temp_titleAnchieta_03092018195405

Fotos: Gustavo de Oliveira


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.