Arquidiocese do Rio de Janeiro

25º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 17/08/2018

17 de Agosto de 2018

Seminaristas realizam missão em comunidades paroquiais do Rio

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

17 de Agosto de 2018

Seminaristas realizam missão em comunidades paroquiais do Rio

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

03/08/2018 11:33 - Atualizado em 06/08/2018 11:06
Por: Priscila Xavier / Symone Matias

Seminaristas realizam missão em comunidades paroquiais do Rio 0

temp_titleSeminaristas_realizam_misso_em_comunidades_paroquiais_do_Rio_3_05082018153523

Já no primeiro domingo do mês de agosto, a Igreja reza pelas vocações sacerdotais e os ministérios ordenados. É impossível passar pela figura do padre sem recordar quem ele foi antes da ordenação: um seminarista. E se engana quem pensa que os seminaristas do Seminário Arquidiocesano de São José vivem o tempo de formação somente em função dos estudos.

Entre os dias 18 e 20 de julho, depois nos dias 23 e 24 do mesmo mês, os seminaristas se dividiram em seis grupos e realizaram, simultaneamente, missões em seis comunidades paroquiais da arquidiocese: Imaculada Conceição e São Sebastião, no Engenho de Dentro; Nossa Senhora do Bonsucesso de Inhaúma, em Bonsucesso; Santa Sofia, em Cosmos; Coração Eucarístico de Jesus, em Santíssimo; Jesus Salvador do Mundo, em Paciência, e São Conrado, em São Conrado.

Em cada local de missão, além da evangelização, foi realizado o tradicional Curso de Férias, no qual os seminaristas tiveram a oportunidade de partilhar com os fiéis os ensinamentos recebidos no período de formação do seminário. O curso abrangeu temas que trataram desde os primórdios da Igreja até a Escatologia – o final dos tempos.

De acordo com o reitor do Seminário de São José, cônego Leandro Câmara, é fundamental que os futuros sacerdotes caminhem em direção ao presbiterato comprometidos com a missão. “A Igreja é missionária na sua essência, e para que cumpra a sua missão, necessita que todos os seus membros tomem consciência de sua identidade: discípulos missionários de Jesus Cristo, que dele dão testemunho. Portanto, é urgente que os futuros presbíteros cresçam em seu caminho formativo, cada vez mais conscientes e comprometidos em viver a missão”, pontuou.

Ainda segundo o reitor, a missão permite que os seminaristas, desde já, convivam com as alegrias e tristezas do rebanho que a eles, futuramente, será confiado. “É extremamente fortalecerdor que, tendo sido enviados às mais variadas realidades pastorais de nossa arquidiocese, cresçam no contato com as alegrias, as tristezas do povo de Deus. Desse modo cultivam a caridade pastoral de Cristo, que nunca foi alheio às dores e às necessidades dos outros”, ressaltou.

Secretária do Instituto Superior de Ciências Religiosas – que promove o Curso de Férias em parceria com o seminário, irmã Aix de Oliveira destacou que a realização simultânea foi uma proposta para o Ano do Laicato. “O curso tem como objetivo integrar os seminaristas com a comunidade paroquial. Os padres nos acolhem e incentivam os leigos a estudarem, adquirindo conhecimento e, a partir disso, amando a Igreja. Essa é uma realidade que vivenciamos há cinco anos. Para o Ano do Laicato, fomos convidados a realizarmos o curso, simultaneamente, em seis paróquias. Indo para mares mais profundos, o Senhor nos chama a estarmos nas periferias e comunidades carentes, levando conhecimento filosófico e teológico”, enfatizou.

Vocacionados e missionários

Responsável pelo grupo que atuou na Paróquia Nossa Senhora do Bonsucesso de Inhaúma, o seminarista Kaynan Espinosa Gimenes contou sobre as atividades realizadas durante a missão. “Fizemos visitas nas casas da comunidade do Amorim, em Manguinhos, junto com os jovens da Capela São José, e também visitamos a Fundação Oswaldo Cruz, que faz parte do terreno paroquial. Auxiliamos algumas pastorais, bem como a participação cotidiana na santa missa, além de conduzirmos a Oração do Terço na praça da comunidade”, afirmou.

O seminarista Josué Matos de Oliveira, que participou pela segunda vez do Curso de Férias, e ministrou sobre o tema: “Filosofia da Religião”, também em Bonsucesso, destacou a importância de repassar o conhecimento. “São Tomás de Aquino tem uma frase que toca muito meu coração: ‘Contemplar e levar aos outros o fruto de nossa contemplação’. Então, quando aprendemos algo, somos chamados a levar aos outros os frutos daquilo que aprendemos, para que os outros também tenham essa oportunidade. A partir dessa matéria, as pessoas podem compreender como tantos pensamentos errôneos encontram lugar dentro do mundo contemporâneo e também dentro da Igreja, como pensamentos do tipo ‘não precisamos ir à missa’, ‘não preciso ir à Igreja para ser bom’”, finalizou.

Para o seminarista Igor Teixeira, que atuou no território paroquial da Igreja Jesus Salvador do Mundo, “a missão foi muito produtiva, tanto para nós quanto para o povo da comunidade. Fizemos a evangelização de porta em porta na comunidade Nova Jersey. Orávamos com aqueles que nos abriam as portas, e levamos água benta para aspergir nas casas. Foram dias muito bons, nos quais pudemos experimentar a saída para o anúncio do Evangelho a todos. Houve um dia em que fizemos um grande louvor, com adoração ao Santíssimo Sacramento, na Praça do Sete, próxima à paróquia”, destacou.

Já o seminarista Rodrigo Brum Moreira Júnior salientou que o desejo dos fiéis em aprofundarem o conhecimento sobre a tradição motiva os vocacionados. “É a primeira vez que tenho a experiência de participar como professor e tem sido muito interessante. Essa é uma matéria que vi recentemente na Faculdade de Teologia, e é uma oportunidade de reviver o conteúdo e me aprofundar mais, para que dessa forma eu possa transmitir, com ainda mais firmeza, aquilo que a Igreja ensina acerca das Sagradas Escrituras. A sede do povo de Deus em aprender anima nossa vocação, em querer aprender mais, para, dessa forma, auxiliar o povo na compreensão da doutrina e ensinamentos da Igreja”, completou.

temp_titleSeminaristas_realizam_misso_em_comunidades_paroquiais_do_Rio_5_05082018153528

temp_titleSeminaristas_realizam_misso_em_comunidades_paroquiais_do_Rio_1_05082018153521

temp_titleSeminaristas_realizam_misso_em_comunidades_paroquiais_do_Rio_4_05082018153526

temp_titleSeminaristas_realizam_misso_em_comunidades_paroquiais_do_Rio2_05082018153530

Fotos: Divulgação

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.