Arquidiocese do Rio de Janeiro

27º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 20/08/2018

20 de Agosto de 2018

Princesa Isabel ganha homenagem no Cristo Redentor

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

20 de Agosto de 2018

Princesa Isabel ganha homenagem no Cristo Redentor

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

02/08/2018 13:37 - Atualizado em 02/08/2018 13:37
Por: Renato Saraiva

Princesa Isabel ganha homenagem no Cristo Redentor 0

Uma imagem ao verdadeiro “Redentor dos homens”. Esse foi o pedido da filha do imperador Dom Pedro II, diante da possibilidade de uma homenagem a ela no alto do Corcovado, após a assinatura da Lei Áurea. Em um mergulho na história brasileira, nesse domingo, 29 de julho, o Santuário Cristo Redentor e a cidade de Petrópolis celebraram os 172 anos da Princesa Isabel em uma cerimônia. No alto do Corcovado, foram relembrados os belos feitos da vida da alteza e a importância dela para o desenvolvimento do município de Petrópolis e de todo o Brasil.

O público foi recebido por atores do grupo “Um Sarau Imperial", vestidos com trajes de época, que fazem apresentações permanentes no Museu Imperial, em uma dramatização interativa, baseada em trechos retirados da correspondência particular da família real. Segundo a atriz Andrea Dutra, que interpreta Princesa Isabel, o Cristo Redentor tem forte ligação com a filha do imperador:

“Muita alegria e satisfação estar aqui representando a sua figura ilustre. Ela faria aniversário hoje. E  aqui tem tudo a ver com Isabel. Estamos comemorando nesse lugar maravilhoso! Quiseram presenteá-la e ela disse: ‘Façam para o Redentor!’ Tenho certeza que, onde ela estiver, está muito feliz”, disse.

O evento teve início com uma missa, presidida pelo reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar Raposo. A música ficou por conta de dois grupos petropolitanos: o coral Dó Ré Mi e o Theatro Gregoriano Estrada Real. Segundo o diretor do Dó Ré Mi e diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes de Petrópolis, maestro Leonardo Randolfo, a apresentação foi uma oportunidade de diálogo cultural. 

“Para Petrópolis, é muito importante celebrar esse evento de extrema relevância. Essa parceria com a Arquidiocese do Rio, sem dúvida, possibilitou o enriquecimento cultural e o fomento ao turismo na cidade”, afirmou.

O Theatro Gregoriano apresentou cantos gregorianos e músicas da polifonia renascentista. Para o maestro Carlos Völker-Fecher, o evento envolveu quem estava presente pela sonoridade: 

“Estamos fazendo uma preservação de um dos grandes tesouros da Igreja Católica, que é o canto gregoriano. Cantar aqui no Cristo Redentor é de uma importância muito grande de atrelar a esse santuário, com essa vista maravilhosa, a ideia dessa sonoridade fantástica da música gregoriana”, lembrou.

Após a missa, cariocas e visitantes tiraram fotos com uma estátua de cera, que representa a princesa, feita pelo Memorial da Devoção de Aparecida. A festa imperial terminou em samba. A Escola de Samba Vila Isabel fez uma apresentação cantando o enredo de 2019, que vai homenagear a cidade de Petrópolis. A agremiação tem, no nome e na coroa imperial do brasão, uma homenagem à Princesa Isabel. O presidente da escola, Fernando Fernandes, destacou que a Vila Isabel vai desfilar no próximo ano sob as bênçãos do Cristo Redentor:

“O enredo é a cara da Vila Isabel. A comunidade está muito motivada. É uma emoção muito grande estar aqui. Fiz questão de pedir ao padre para abençoar nosso pavilhão, abençoar nossos componentes”.

Para o reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar Raposo, a cerimônia congregou diversas expressões da cultura popular brasileira para celebrar a história do país:

“Foi um momento especial, aqui no alto do Corcovado. Recebemos a cultura popular brasileira, com diversas expressões artísticas, tudo isso em torno dessa grande homenagem à Princesa Isabel. Um momento histórico para o Cristo Redentor! Parabéns à Princesa Isabel! Parabéns a sua grande história e ao nosso Cristo Redentor, sempre com seus braços abertos”, celebrou.

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.