Arquidiocese do Rio de Janeiro

37º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 14/10/2019

14 de Outubro de 2019

Arquidiocese ganhará vicariato para irmandades, confrarias, ordens e devoções

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

14 de Outubro de 2019

Arquidiocese ganhará vicariato para irmandades, confrarias, ordens e devoções

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

19/07/2018 11:54 - Atualizado em 19/07/2018 11:57
Por: Priscila Xavier

Arquidiocese ganhará vicariato para irmandades, confrarias, ordens e devoções 0

No ano em que a Igreja evidencia o protagonismo leigo na evangelização, a Arquidiocese do Rio de Janeiro, no intuito de promover ainda mais a união entre o clero e os fiéis, criará o Vicariato Episcopal para as Irmandades, Confrarias, Ordens Terceiras e Devoções, tendo como primeiro vigário episcopal o padre Valtemário Silva Frazão Júnior, pároco da Basílica Menor Nossa Senhora de Lourdes, em Vila Isabel.

A missa de criação e posse do primeiro vigário episcopal será presidida pelo Cardeal Orani João Tempesta, na Igreja da Candelária, no centro da cidade, no dia 28 de julho, às 12h.

Segundo padre Valtemário, o vicariato – que não será territorial – tem por objetivo integrar os trabalhos realizados pelos 54 organismos eclesiais existentes no Rio com a arquidiocese.

“O vicariato é fruto de uma comissão que teve início na Irmandade de Nossa Senhora da Conceição e Boa Morte, e tem por objetivo aproximar a arquidiocese das demais associações de fiéis leigos. O vicariato fortalecerá o trabalho, bem como a importância dessas associações, valorizando suas tradições. Neste ano dedicado ao laicato, essa decisão é muito apropriada”, explicou.

Padre Valtemário disse ainda que “neste ano dedicado ao laicato, essa decisão é muito apropriada. Essas associações são expressão de um direito dos leigos de se reunirem. O vicariato acompanhará e fortalecerá seus trabalhos, valorizando suas tradições”, ressaltou.

Desde a sua ordenação, em 2008, padre Valtemário acompanha duas confrarias que funcionam na basílica onde é pároco: uma que carrega o nome da padroeira, Nossa Senhora de Lourdes, e a outra dedicada a Nossa Senhora do Rosário.

Atualmente, ele é capelão da Irmandade de Santo Antônio de Lisboa e Bom Jesus do Monte, em Vila Isabel, e visitador canônico da Irmandade de Nossa Senhora da Conceição e Boa Morte, no Centro, além das demais associações das quais presta serviços de aconselhamento e formações.

Segundo o sacerdote, o primeiro passo da nova missão é estar próximo aos movimentos. “Minhas expectativas são de poder estreitar os laços junto com a autoridade eclesiástica, podendo servir naquilo em que eu for útil, no sentido de formação catequética, orientação nos trabalhos que já são realizados junto com a arquidiocese, como os sociais e culturais. Meu objetivo, antes de tudo, é estar próximo”, concluiu.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.