Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 18/11/2018

18 de Novembro de 2018

Monsenhor Ivo Calliari: 100 anos de memória do idealizador, construtor e pároco da Catedral

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

18 de Novembro de 2018

Monsenhor Ivo Calliari: 100 anos de memória do idealizador, construtor e pároco da Catedral

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

11/07/2018 11:26 - Atualizado em 11/07/2018 11:27
Por: Priscila Xavier / Symone Matias

Monsenhor Ivo Calliari: 100 anos de memória do idealizador, construtor e pároco da Catedral 0

A Arquidiocese do Rio de Janeiro celebrará missa em memória do jubileu de 100 anos do nascimento de monsenhor Ivo Antônio Calliari – idealizador, construtor e pároco da Catedral Metropolitana de São Sebastião, no Centro. A celebração será presidida pelo pároco da Catedral, cônego Cláudio dos Santos, na Capela do Santíssimo, no dia 16 de julho, às 10h.

Cônego Claudio destacou o empenho de monsenhor Ivo para a construção da Catedral e do Museu de Arte Sacra. “Ele foi uma das pessoas que mais contribuiu no que se refere ao desenvolvimento de nossa arquidiocese, principalmente a construção da Catedral que, na época, era um desejo de Dom Jaime de Barros Câmara. Monsenhor Ivo teve ousadia para, naquela época, fazer acontecer essa obra maravilhosa, e hoje o terceiro lugar mais visitado da cidade. Ele também colaborou muito para o Museu de Arte Sacra, uma vez que, a cada comunidade que visitava, pedia aos padres que deixassem algumas obras, esculturas e peças sob os cuidados da arquidiocese, e assim compôs o museu sacro, com ardor missionário”, frisou.

O voluntário do Banco da Providência, David Azoubel, que agora está na organização da celebração jubilar, recordou: “Monsenhor Ivo tinha uma personalidade marcante, mas era um homem com enorme coração. Com responsabilidade e organização, era o braço direito de Dom Jaime, sendo, assim, uma peça fundamental na arquidiocese. Foi ele quem conseguiu todos os recursos para que as obras pudessem ser realizadas. Tive a felicidade de assistir ao lançamento da pedra fundamental da Catedral e tinha uma profunda admiração por monsenhor Ivo”.

Histórico

Monsenhor Ivo Antônio Calliari nasceu no dia 17 de julho de 1918, na cidade de Cacique Doble, no Rio Grande do Sul. Como seminarista, fez curso de Filosofia no Seminário Maior de Fortaleza, no Ceará, e de Teologia no Seminário Maior de Belém, no Pará.

Ordenado em 29 de junho de 1943, pelo Cardeal Jaime de Barros Câmara, em Belém, padre Ivo recebeu o título de monsenhor (protonotário apostólico) em 1953.

Entre as várias funções que desempenhou na Arquidiocese do Rio, foi secretário particular de Dom Jaime de 1943 a 1971. Também foi capelão das irmãs de Nossa Senhora do Cenáculo e pároco da Igreja de Nossa Senhora de Fátima e Santo Antônio.

Foi ainda ecônomo da arquidiocese, cura da Catedral, administrador do Museu de Arte Sacra, presidente do Colendo Cabido da Sé Catedral e procurador do Seminário São José. Monsenhor Ivo desempenhou as funções de membro do Conselho Presbiteral, e comissário da Venerável Ordem Terceira do Monte do Carmo.

A pedido do Cardeal Câmara, monsenhor Ivo foi o responsável pela coordenação do projeto da Catedral de São Sebastião, cuja pedra fundamental fora lançada no dia 20 de janeiro de 1964, no pontificado do Papa Paulo VI.

Doze anos após esse acontecimento, em 1976, o então arcebispo do Rio, Cardeal Eugenio de Araújo Sales, nomeou monsenhor Ivo como cura da Catedral, e em 1983 ele se tornou pároco da Igreja Mãe, função que exerceu até o dia 7 de novembro de 2000.

Foto: Arquivo Pessoal


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.