Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 21/09/2018

21 de Setembro de 2018

Preparativos para a Pré-Jornada rumo à JMJ-Panamá

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

21 de Setembro de 2018

Preparativos para a Pré-Jornada rumo à JMJ-Panamá

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

15/06/2018 11:50 - Atualizado em 15/06/2018 11:50
Por: Fátima Lima

Preparativos para a Pré-Jornada rumo à JMJ-Panamá 0

temp_titleJMJ_Panam_24012017142812

“Mi casa, tu casa!”. Foi desta forma que irmã Ester Rodríguez, coordenadora da Semana Missionária, recebeu de braços abertos a comitiva da Arquidiocese do Rio de Janeiro, na cidade de Chitré, local escolhido para a realização da Pré-Jornada que antecede a 34ª Jornada Mundial da Juventude, em janeiro de 2019, no Panamá. A equipe composta por quatro membros: Dom Paulo Romão, Cônego Cláudio dos Santos, padre Ramon Nascimento e Fátima Lima esteve na cidade em visita precursora, para preparar a peregrinação dos jovens que farão parte do grupo oficial do Rio.

A equipe do Rio também foi acolhida na Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, na Baixada do Rosário, administrada pela Congregação Agostiniana. Esta será a Igreja que acolherá os peregrinos do grupo oficial do Rio, no período de 13 a 20 de janeiro. De lá, os jovens participarão de uma programação intensa já estabelecida entre a Diocese de Chitré e a Arquidiocese do Rio.  Nesta mesma Igreja, Dom Paulo Romão presidiu a Santa Missa para as crianças e os jovens. Um momento de fraternidade e certeza que Chitré é o lugar ideal para a realização da Semana Missionária.

“Já antes de vir para cá entramos em contato com o pessoal da organização local, e já sentimos uma abertura, uma acolhida imensa. E ao chegar aqui verificamos que era o esperávamos e muito mais. Eu fiquei muito feliz em ver tudo isso, porque, os jovens poderão fazer uma experiência bonita de fé, de amizade, de acolhida, de missão. Sem dúvida, é uma experiência que vale a pena viver”,  destacou o bispo auxiliar referencial para a Juventude, Dom Paulo Romão.

A Diocese de Chitré foi erigida em 1962 e inclui as províncias de Herrera e Los Santos, que juntas formam a Península de Azuero. Com 99% da juventude católica, a cidade irá receber mais de 20 mil peregrinos de vários países, como: Brasil, Itália, Alemanha, Polônia e Suécia para viver juntos a missionariedade, a cultura e a espiritualidade local.

“Escolhemos Chitré porque ela possui os pré-requisitos que nós havíamos pensado. A presença de Deus é fortemente vivenciada e percebida na vida das pessoas, dos fiéis que participam da comunidade. Também é um ambiente de missão, de evangelização, oportunidade de ir ao encontro das pessoas e, certamente, será uma troca de experiência muito importante para os nossos jovens”,  afirmou cônego Cláudio dos Santos, coordenador de Pastoral.

Um dos critérios que levou a escolha do lugar foi a possibilidade de deixar o pacote do grupo oficial mais acessível para os jovens peregrinos. Por isso, a equipe organizadora decidiu pela cidade de Chitré, que fica a três horas da capital do Panamá. Cidade fundada em 1848, com uma cultura bem enraizada, jovens bem entusiasmados e receptivos, algo bem parecido com o jeito carioca de ser.

“Quando você adquire o pacote oficial não vai se preocupar com mais nada. Quem assume o pacote oficial, simplesmente, só se preocupa em ter o passaporte válido. É só vir e participar conosco”, declarou padre Ramon Nascimento, que fez parte da comitiva.

Logo, “Chitré já se tornou a casa dos jovens cariocas”, como fez questão de repetir várias vezes a irmã Ester.

O bispo da cidade, monsenhor Rafael Valdivieso, também esteve presente e acolheu com muito carinho a comitiva.

Como gesto de fraternidade e agradecimento, Dom Paulo entregou, em nome da Arquidiocese do Rio de Janeiro, uma imagem do Cristo Redentor. 

Ansioso para receber os jovens, monsenhor Rafael disse que será peregrino na sua própria cidade com os jovens cariocas. Momentos como esse proporcionam aos jovens viver intensamente a experiência dos primeiros cristãos: “a multidão dos fiéis era um só coração e uma só alma”(Atos 4,32).

A Jornada Mundial da Juventude de 2019 será realizada pela primeira vez na América Central. Com os preparativos a todo o vapor, o lema da JMJ é: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua Palavra” (Lc 1,38). Portanto, anote na sua agenda e venha conosco fazer parte deste momento de fé e cultura: de 13 a 20 de janeiro em Chitré para viver a Semana Missionária, e de 21 a 27 na capital do Panamá, concluindo o roteiro de peregrinação.

As inscrições para o grupo oficial da Arquidiocese do Rio estão sendo realizadas pelo telefone: (21) 2460-1581 (Fátima Nascimento) ou pelo e-mail grupos@milessisturismo.com.br. Portanto, prepare a mala, o passaporte e venha participar desta peregrinação, que terá como destino final o encontro com o sucessor de Pedro. Ah! Não esqueça de levar a sua bandeira do Brasil. 

Fique atento em relação ao que contém o pacote do grupo oficial:

1 - Inscrição como peregrino, incluindo alimentação e transporte estabelecido pelo Comitê Organizador Local;

2 - Despesas e taxas de voo;

3 - Despesas e taxas da Pré-Jornada;

4 - Um city tour pela cidade do Panamá;

5 - O deslocamento tanto de Chitré quanto do Panamá (saída e chegada de cada cidade);

6 - O hotel fica no centro da cidade e próximo dos Atos Centrais (no máximo 10 minutos a pé).

Para fazer uma boa viagem, certifique-se:

1 - Passaporte com validade no mínimo de quatro meses

2 - Tomar vacina da febre amarela

3 - Ir ao posto credenciado para pegar a certificação internacional da vacina

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.