Arquidiocese do Rio de Janeiro

28º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 21/06/2018

21 de Junho de 2018

São José da Lagoa no Virada Sustentável 2018

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

21 de Junho de 2018

São José da Lagoa no Virada Sustentável 2018

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

05/06/2018 10:09 - Atualizado em 05/06/2018 10:09
Por: Renato Saraiva

São José da Lagoa no Virada Sustentável 2018 0

temp_titleSo_Jos_da_Lagoa_rosa_2_30102016191334

A segunda edição do Virada Sustentável Rio de Janeiro está chegando! A Paróquia São José da Lagoa participa mais uma vez do evento com atividades gratuitas na praça, no dia 10 de junho, a partir das 11h.

A abertura será feita com uma linda apresentação do Projeto “DóRéMi Abraça!”, que atende a repatriados. Desenvolvido pela paróquia em parceria com a Cáritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro, hoje atende a refugiados de três países: República Democrática do Congo, Angola e Colômbia. O objetivo é contribuir para a integração dos jovens através do aprendizado da arte, com um atendimento diferenciado aos alunos. Duas vezes por semana são oferecidas oficinas musicais gratuitas na igreja de vidro da Lagoa, ministradas pelo maestro e professor responsável, Paulo Lima, a fim de que haja o crescimento social, intelectual e artístico dos alunos.

Logo depois, duas rápidas apresentações vão mostrar os avanços dos projetos sustentáveis desenvolvidos pela Paróquia São José da Lagoa. O engenheiro Alexandre Pinhel explicará o “Case Igreja Solar” e a equipe da Escola Técnica do Arsenal de Marinha vai mostrar como funciona um barco solar. Há 2 anos a igreja de vidro tornou-se a primeira igreja do Brasil a gerar a própria energia, através de 56 painéis fotovoltaicos, em formato de cruz, no telhado, que alimentam todo o sistema elétrico. Em seguida, a professora de Gestão da Sustentabilidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Márcia Dabul, explicará as “Experiências Sustentáveis" desenvolvidas pelas pastorais do Desenvolvimento Sustentável e da Decoração, como a construção de uma cisterna sustentável, a coleta de óleo, a revitalização do Jardim de São José no entorno da paróquia e a reciclagem de diversos materiais.

Após as apresentações, haverá duas atividades práticas: a oficina de reaproveitamento de óleo de cozinha para fabricação de velas ecológicas e sabão, realizada pela Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente, e a oficina de artesanato, pelo Espaço Ateliê do Parque da Cidade.

Distribuição de mudas

Ao longo de todo o evento, o novo parceiro da Paróquia São José da Lagoa pelo Desenvolvimento Sustentável, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), vai distribuir mudas de espécies florestais nativas da Mata Atlântica. No evento, estará presente o corregedor-geral, desembargador Cláudio de Mello Tavares.

O TJRJ tem promovido, nos últimos anos, uma série de ações sustentáveis, através da Divisão de Gestão Ambiental (DIGAM), que faz parte do Departamento de Ações Pró-Sustentabilidade (DEAPE). O Programa de Sustentabilidade do Tribunal de Justiça tem 6 eixos temáticos: o uso racional dos recursos naturais e bens públicos, a gestão adequada dos resíduos gerados, a qualidade de vida no ambiente de trabalho, a sensibilização e capacitação dos servidores, as licitações sustentáveis e as construções sustentáveis.

Nesse sentido, a instituição tem desenvolvido vários projetos, através de parcerias. Uma delas é realizada com a Cedae, onde são distribuídas, gratuitamente, mudas do projeto Replantando Vida, que emprega mão de obra oriunda do cárcere. Na produção de mudas, o trabalho é feito em várias etapas: na limpeza do terreno, no enriquecimento do solo, na abertura de covas, no plantio e na manutenção (roçada, capina e prevenção de incêndios). São produzidas anualmente cerca de 2 milhões de mudas de mais de 150 espécies florestais nativas da Mata Atlântica.

Serviço:

Local: São José da Lagoa no Virada Sustentável 2018 - Praça ao lado da Paróquia São José da Lagoa (Avenida Borges de Medeiros, 2735, Lagoa)

Data: 10 de junho

Horário: 11h

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.