Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 14/12/2017

14 de Dezembro de 2017

33ª Assembleia da Iniciação Cristã agita o Loretão

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

14 de Dezembro de 2017

33ª Assembleia da Iniciação Cristã agita o Loretão

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

24/11/2017 15:57 - Atualizado em 24/11/2017 15:57
Por: Colaboração: Wallace Farias (Coordenador Arquidiocesano da Iniciação Cristã de Jovens e Adultos)

33ª Assembleia da Iniciação Cristã agita o Loretão 0

Na Paróquia de Nossa Senhora de Loreto, na Freguesia, cerca de 1.100 catequistas dos oito vicariatos da Arquidiocese do Rio de Janeiro se reuniram para a 33ª Assembleia Arquidiocesana da Iniciação Cristã, na manhã do dia 18 de novembro.

Com o tema: “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade. Sal da Terra e Luz do mundo (Mt 5,13-14)”, título do Documento nº 105 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), os participantes desenvolveram o tema que servirá como preparação para o Ano do Laicato, proposto pelo 12º Plano Pastoral, e que terá início na Solenidade de Cristo Rei, dia 2 de dezembro.

A assembleia teve início com missa presidida pelo vigário episcopal do Vicariato Jacarepaguá, cônego Robert Chrzaszcz, e concelebrada pelo assessor eclesiástico da Iniciação Cristã, padre Eufrázio Morais. A acolhida e o suporte dos catequistas foram da Paróquia Nossa Senhora do Loreto e a animação das Irmãs da Congregação de Nossa Senhora de Belém. A palestra foi proferida pelo vigário paroquial da Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro, padre Cristiano Holtz, que apresentou o Documento nº 105, lançado pela CNBB na 54ª Assembleia Geral, em abril de 2016, e destacou que “a vocação dos leigos nasce no Batismo”.

Após a palestra, os catequistas se reuniram em grupos para estudar alguns pontos do documento e elaborar propostas para a vivência do ano do laicato na Iniciação Cristã. Na conclusão dos trabalhos, os representantes de cada grupo vestiram coletes com letras que formaram a frase “Cristãos leigos: sal da terra e luz do mundo”.

O encerramento da assembleia foi com paraliturgia, presidida pelo padre Eufrázio, e contou com a participação dos agentes da Pastoral do Batismo, que aspergiram água benta nos participantes. Outros elementos ligados ao sacramento, como a vela, a profissão de fé e o óleo, foram recordados e serviram de estímulo para a caminhada pastoral da Iniciação à Vida Cristã em 2018.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.