Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 14/12/2017

14 de Dezembro de 2017

Pastoral Afro celebra consciência negra

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

14 de Dezembro de 2017

Pastoral Afro celebra consciência negra

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

15/11/2017 14:14 - Atualizado em 15/11/2017 14:14
Por: Nathalia Cardoso

Pastoral Afro celebra consciência negra 0

O Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, será comemorado pela Pastoral Afro-Brasileira na Paróquia São Sebastião, em Parada de Lucas, com uma festa no dia 19. O pároco, padre Jerônimo Pessanha de Almeida, presidirá a Celebração Eucarística, que terá início às 10h.

“O secretariado da Pastoral Afro-Brasileira da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com base em documentos do Vaticano, nos incentiva a promover esse evento”, afirmou o vice-coordenador da pastoral, Joselito Alves da Paixão.

Programação

A abertura do evento será com missa em ação de graças pela manhã. Em seguida, haverá uma feijoada, às 12h. “Pensamos em uma festa que agregasse as famílias e as pessoas de um modo geral. Entendemos que uma feijoada seria interessante e ajudaria a nossa paróquia”, explicou Joselito. O valor da feijoada é R$ 15.

Durante todo o dia, haverá atividades culturais, tais como apresentação da bateria da Escola de Samba Unidos de Lucas e da Companhia de Dança Aléxia Lima, além de apresentação de informações sobre capoeira, com demonstrações. Haverá, ainda, uma exposição sobre a Pastoral Afro e quermesse.

Pastoral Afro-Brasileira

A Pastoral Afro-Brasileira foi oficializada pelo arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, em 2014. O primeiro bispo animador foi Dom Pedro Cunha Cruz. Atualmente, quem faz esse trabalho é Dom Roque Costa Souza. A arquidiocese, hoje, conta com grupos da pastoral em seis diferentes paróquias.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.