Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 15º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 27/05/2019

27 de Maio de 2019

Papa a estudantes de economia: "Não ao culto do dinheiro"

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

27 de Maio de 2019

Papa a estudantes de economia: "Não ao culto do dinheiro"

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

19/10/2017 10:30 - Atualizado em 19/10/2017 10:32
Por: Rádio Vaticano

Papa a estudantes de economia: "Não ao culto do dinheiro" 0

No final da manhã de quinta-feira, dia 19 de outubro, o Papa recebeu na Sala Clementina, no Vaticano, um grupo de 80 alunos e professores do ‘Instituto dos Chartreux’, escola particular francesa com sede na cidade de Lion.   

A escola oferece estudos preliminares no campo financeiro, com formação acadêmica que compreende uma forte dimensão humana, filosófica e espiritual. Foi a partir daí que o Papa começou o seu discurso ao grupo:

'Livres' do culto do dinheiro

"É essencial que desde já, e em sua vida profissional futura, vocês aprendam a permanecer isentos do fascínio do dinheiro e da escravidão que ele cria para quem faz dele um culto. É importante que possam ter a força e a coragem de não obedecer cegamente à mão invisível do mercado”.

Francisco encorajou os estudantes franceses a aproveitar o tempo de estudos e ser promotores e defensores do amadurecimento na equidade e artesãos de uma gestão adequada da nossa Casa Comum, ‘ou seja, o mundo’.

Não pisotear a dignidade dos pobres

“Cada injustiça feita contra um pobre é uma ferida aberta que reduz a sua própria dignidade. Convido vocês, cristãos, a permanecerem sempre unidos ao Senhor Jesus com a oração, confiando tudo a Deus e não caindo na tentação do desespero”.

E dirigindo-se aos não cristãos e ateus do grupo, concluiu:

“Com respeito e carinho, não se esqueçam jamais, que no olhar aos outros e a vocês mesmos, o homem supera infinitamente o homem, como dizia Pascal. Encorajo todos a trabalhar pelo bem, para serem humildemente semente de um mundo novo”.

Foto: RV

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.