Arquidiocese do Rio de Janeiro

28º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 16/11/2018

16 de Novembro de 2018

Redes sociais favorecem formas de diálogo e debate

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

16 de Novembro de 2018

Redes sociais favorecem formas de diálogo e debate

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

29/01/2013 15:33 - Atualizado em 29/01/2013 17:22

Redes sociais favorecem formas de diálogo e debate 0

Redes sociais favorecem formas de diálogo e debate / Arqrio

Por Portal A12

A Sala de Imprensa da Santa Sé apresentou na última semana a Mensagem do Papa Bento XVI para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, que será celebrado em 12 de maio.

Na mensagem com tema “Redes Sociais: portais de verdade e de fé; novos espaços de evangelização”, o Papa Bento XVI destacou a funcionalidade das redes sociais, espaços que, quando são valorizados equilibradamente, contribuem para favorecer formas de diálogo e debate.

O Pontífice também destacou que o desafio que as redes sociais têm que enfrentar é o de serem verdadeiramente abrangentes para, desta forma, beneficiar a participação dos fiéis que desejam partilhar a mensagem de Jesus e os valores da dignidade humana que a sua doutrina promove.

“O ambiente digital não é um mundo paralelo ou puramente virtual, mas faz parte da realidade cotidiana de muitas pessoas, especialmente dos mais jovens. As redes sociais são o fruto da interação humana, mas, por sua vez, dão formas novas às dinâmicas da comunicação que cria relações: por isso uma solícita compreensão por este ambiente é o pré-requisito para uma presença significativa dentro do mesmo”, descreve a mensagem.

A pedido do Portal A12.com, o Consultor de Marketing digital e e-commerce, Armindo Ferreira, analisou a mensagem do Papa para o Dia Mundial das Comunicações e afirmou que a Igreja está em um bom momento para dar atenção a estes novos canais.

— Como toda grande instituição, leva-se um tempo de reflexão para que se estude de forma efetiva qual impacto das novidades e a separação do que é modismo e do que é inovação. Neste aspecto acho que a Igreja esteja num bom momento para se importar com estes novos canais, afirmou Armindo, que é formado em Comunicação Social – Jornalismo com MBA em Marketing em Varejo pela Fundação Getúlio Vargas.

Armindo Ferreira acredita também que seja coerente com a história da Igreja a apropriação destes novos canais de comunicação.

— Me surpreendi de forma positiva com a mensagem do Papa. A Igreja Católica viu - e contribuiu - para o surgimento de várias formas de se comunicar, e acho coerente com a sua história a apropriação destes novos canais.

A carta do Papa Bento XVI afirma que em alguns contextos geográficos e culturais onde os cristãos se sentem isolados, as redes sociais podem reforçar o sentido da sua unidade efetiva com a comunidade universal dos fiéis.

— Tecnologia boa é a tecnologia feita para todos. Neste aspecto acredito que a luta para que todos, independente de classe social, possam ter acesso a estas inovações e se isso acontecer haverá sim o potencial esperado. A discussão sobre a inclusão digital dentro dos centros mais distantes será importante neste cenário, completou Armindo.

Leia aqui a mensagem “Redes Sociais: portais de verdade e de fé; novos espaços de evangelização” na íntegra:

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.