Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 15º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 25/07/2017

25 de Julho de 2017

41º Congresso Internacional Pueri Cantores

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

25 de Julho de 2017

41º Congresso Internacional Pueri Cantores

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

03/07/2017 18:11 - Atualizado em 21/07/2017 10:46
Por: Nathalia Cardoso

41º Congresso Internacional Pueri Cantores 0

temp_title0001_03072017180828A cidade do Rio de Janeiro sediará, entre 18 e 23 de julho, o 41º Congresso Internacional Pueri Cantores, promovido pela Federação Internacional Pueri Cantores, com o apoio da Arquidiocese do Rio. Pueri vem do latim e significa ‘meninos’. É a primeira vez que a cidade recebe o congresso, que desta vez tem como tema: “Quodcumque dixerit vobis, facite”, em português, “Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5).

Ele acontecerá no Rio de Janeiro porque este ano comemoram-se os 50 anos da Federação Nacional dos Meninos Cantores do Brasil, e será também uma homenagem a Nossa Senhora Aparecida. Este ano comemoram-se 300 anos do descobrimento da imagem dela no rio Paraíba do Sul. “Os congressos de meninos cantores funcionam como grandes festivais de corais em que se apresentam concertos de música sacra, orações pela paz e missas organizadas de acordo com os idiomas falados nos países”, explicou o organizador e presidente da Federação Nacional dos Meninos Cantores do Brasil, Marco Aurélio Lischt.

Segundo ele, o Pueri Cantores é um movimento de evangelização que visa chamar a atenção do público jovem para a vivência na Igreja e tem um caráter evangelizador. Os últimos congressos internacionais aconteceram em Roma, na Itália, entre 2015 e 2016, em Paris, na França, em 2014, e em Washington, nos Estados Unidos, em 2013. “Além de incentivar a criação de outros coros, mostrando seu caráter evangelizador, esses congressos também têm caráter educacional e cultural. Como diria o padre Fernand Maillet, criador da fundação, ‘amanhã todas as crianças do mundo cantarão a paz de Deus’. Acredito que esse seja nosso principal objetivo: fazer com que tenhamos paz nesse mundo tão violento”, pontuou Marco Aurélio.

41º congresso

Os Congressos Internacionais Pueri Cantores acontecem desde 1947. O primeiro foi na França, organizado pelo padre Fernand Maillet, e reuniu cerca de 90 coros.

A expectativa é de que 1500 pessoas, entre músicos, maestros, presidentes das federações e outros, participem do congresso no Rio. Além da programação oficial, estão previstas visitas a pontos turísticos da cidade. O último dia será reservado para essas visitas e passeios.

Os eventos acontecerão em locais públicos, permitindo o acesso de toda a população da cidade.

As apresentações acontecerão em concomitância com o Congresso Internacional de Música Sacra, da UFRJ, que ocorrerá no mesmo período. “Decidimos em reuniões e através de entendimento mútuo agregar valores dos dois congressos para que tenhamos um movimento cada vez maior dentro dessa programação que possuímos”, explicou Marco Aurélio.

Meninos cantores

A Federação Internacional Pueri Cantores conta com corais de meninos, meninas e mistos, todos engajados em diferentes formas no canto litúrgico. Ela é ativa em 35 países – incluindo o Brasil, onde leva o título em português – e tem cerca de 40 mil cantores espalhados pelo mundo, divididos em mais ou menos 3 mil coros.

Programação

18 de julho

19h30 - Cerimônia de abertura na Catedral Metropolitana, que fica na Av. Chile, 245. O ato litúrgico será presidido pelo arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta.

19 de julho

10h - Missa das nações celebrada em locais diferentes de acordo com o idioma. A celebração em português será na Igreja da Candelária.

20 de julho

18h - Missas nas comunidades. Nessas missas, os corais que não se apresentarão no concerto de gala farão um espetáculo nas paróquias em que estarão hospedados.

20h - Concerto de gala no Theatro Municipal

21 de julho

17h - Concerto da Paz na Catedral Metropolitana

22 de julho

17h - Missa de encerramento do congresso presidida por Dom Orani na Catedral Metropolitana, com grande coral sob a regência dos maestros da Federação dos Meninos Cantores. A celebração será transmitida ao vivo pela Rádio Catedral FM e pela RedeVida.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.