Arquidiocese do Rio de Janeiro

33º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 12/11/2018

12 de Novembro de 2018

Arcebispo de Santa Maria fala sobre tragédia no sul do país

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

12 de Novembro de 2018

Arcebispo de Santa Maria fala sobre tragédia no sul do país

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

28/01/2013 19:25

Arcebispo de Santa Maria fala sobre tragédia no sul do país 0

Arcebispo de Santa Maria fala sobre tragédia no sul do país / Arqrio

* Fonte: Canção Nova


"Agora não é o momento de nós condenarmos, julgarmos, mas é o momento de oração, de reflexão, de olhar para frente com esperança e também aprendermos muitas lições desse fato que aconteceu". Foi o que afirmou o Arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Dom Hélio Adelar Rubert, à equipe de jornalismo da Canção Nova.

Na entrevista, o arcebispo manifestou suas condolências pela tragédia ocorrida na madrugada desse domingo, 27, numa casa noturna, em Santa Maria, causando a morte de mais de 230 jovens:

— Ontem, em Santa Maria, havia verdadeiramente um clima de guerra, porque foi muito grande a consternação, a movimentação e a agitação em todos os lugares da cidade. Mas hoje está um pouco mais calmo e nós queremos dizer ao nosso povo que tenha calma e também muita esperança. Nós sabemos que a nossa pátria definitiva não é esta terra, nós aqui estamos caminhando unidos procurando viver a paz, o amor e o bem querer entre nós, sempre com um olhar voltado para o Céu que nos aguarda, a nossa pátria definitiva. 

O arcebispo destaca que essa fatalidade comoveu profundamente a todos, especialmente as famílias, os amigos e as pessoas relacionadas com tantos jovens que, na flor da mocidade, foram colhidos para a outra vida. 

Desde a manhã de hoje, Dom Hélio presta assistência aos familiares das vítimas e, durante todo o dia, está presidindo Missas pelas almas dos jovens falecidos. 

A tragédia já é conhecida em boa parte do mundo e, segundo Dom Hélio, provoca uma reflexão, neste ano em que a Igreja vive o Ano da Juventude, sobre a maneira em que a Comunidade Eclesial tem trabalhado com os jovens nas famílias, nas escolas e na sociedade.

— Quanto nós precisamos ajudar nossos jovens a buscar realmente os valores consistentes e que constroem a pessoa humana em sua integralidade, afirmou o Arcebispo.

Diante do imenso sofrimento que toma conta da cidade, Dom Hélio dá uma mensagem de esperança:

— O Senhor Jesus é a resposta para todos os nossos anseios. Ele nos abre essa perspectiva para a eternidade, para uma vida feliz em Deus, para quem O coloca como tudo em sua vida e procura os valores do Evangelho. 

O Arcebispo disse ainda que todas as igrejas da arquidiocese estão à disposição para os velórios e os momentos de oração e de fé. 

Nesta segunda-feira, 28, haverá uma Missa, celebrada às 21 horas (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pela Rede Vida de Televisão. A Celebração será na Basílica de Nossa Senhora Medianeira de todas as graças.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.