Arquidiocese do Rio de Janeiro

25º 13º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 19/07/2019

19 de Julho de 2019

Papa: pastorzinhos de Fátima nos ajudam a acreditar e a amar

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

19 de Julho de 2019

Papa: pastorzinhos de Fátima nos ajudam a acreditar e a amar

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

08/05/2017 10:06 - Atualizado em 08/05/2017 10:09
Por: Rádio Vaticano

Papa: pastorzinhos de Fátima nos ajudam a acreditar e a amar 0

temp_title1941783_Articolo_08052017100355

O Papa Francisco encerrou sua série de audiências recebendo cerca de 50 membros do Pontifício Colégio Português de Roma.

Em seu discurso, o Pontífice mencionou sua iminente viagem a Fátima, nesta sexta-feira, para os 100 anos das aparições de Nossa Senhora e a canonização dos pastorzinhos.

Ouça a reportagem na íntegra


“O encontro com Nossa Senhora foi para eles uma experiência de graça que fez com que se apaixonassem por Jesus. Como tenra e boa Mestra, Maria introduz os videntes no íntimo conhecimento do Amor trinitário e os leva a saborear Deus como a realidade mais bela da existência humana. É isso que desejo a vocês, queridos amigos”, disse Francisco à comunidade do Colégio português.

Concretamente, acrescentou o Papa, vocês são chamados a progredir, sem se cansar, em sua formação cristã e sacerdotal, pastoral e cultural. Qualquer que seja a formação acadêmica, a primeira preocupação deve ser sempre crescer no caminho da consagração sacerdotal, mediante a experiência amorosa de Deus.

Contemplando a humilde e ao mesmo tempo gloriosa vida dos Beatos Francisco e Jacinta e a Serva de Deus Lúcia, nós nos sentimos impulsionados a nos entregar aos cuidados da Mestra. “Deixem-se guiar por Ela”, exortou o Pontífice, pois a relação com Maria nos ajuda a ter um bom relacionamento com a Igreja. Afinal, “as duas são mães”. Aquilo que se pode dizer de Maria, se pode dizer da Igreja e também da nossa alma. Todas as três são femininas, todas as três são Mães e todas as três dão vida. “Um sacerdote que se esquece da Mãe é como se fosse órfão.”

Francisco encerrou seu discurso fazendo votos que a comunidade sacerdotal continue sendo um viveiro de apóstolos. “E rezo a Nossa Senhora de Fátima, para que lhes ensine a acreditar, adorar, esperar e amar como os Beatos Francisco e Jacinta e a Serva de Deus Lúcia.

Foto: Site oficial da RV

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.