Arquidiocese do Rio de Janeiro

38º 24º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 21/02/2017

21 de Fevereiro de 2017

Cordão de São José agita Carnaval na Lagoa

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

21 de Fevereiro de 2017

Cordão de São José agita Carnaval na Lagoa

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

06/02/2017 13:39 - Atualizado em 07/02/2017 09:56
Por: Renato Saraiva (Coordenador de Comunicação do Cristo Redentor)

Cordão de São José agita Carnaval na Lagoa 0

temp_titlecordao_de_sao_jose_07022017095210A Paróquia São José da Lagoa já esquenta os tamborins para o Carnaval! Neste ano, o bairro recebe o primeiro grande bloco católico do Rio de Janeiro, o Cordão de São José, no dia 18 de fevereiro, a partir das 9h. Os ensaios começam nesse sábado, no Parque dos Patins, a partir das 17h.

O objetivo de criação do bloco é dar continuidade a um diálogo entre a fé do povo e a cultura da Cidade Maravilhosa. Dessa forma, o Cordão de São José vai prezar pela qualidade e excelência na execução, com a presença de nomes importantes do Carnaval carioca, como o maestro Jorge Cardoso. Diretor musical da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio, ele será o regente da bateria.

O repertório musical será interpretado pelo reitor do Santuário Cristo Redentor e pároco da Igreja de São José da Lagoa, Padre Omar, que, no dia anterior ao bloco, 17 de fevereiro, lança o DVD Samba de Fé, no Vivo Rio. O novo trabalho tem a participação da nata do samba, como os cantores Jorge Aragão, Xande de Pilares, Gabrielzinho do Irajá e Mumuzinho e os grupos Fundo de Quintal e Molejo.

Segundo Padre Omar, o Cordão de São José estará aberto à participação de todas as pessoas. “A ideia é que a família inteira possa participar. Desta forma, o diálogo entre fé e cultura vai gerar benefícios para a constituição de uma sociedade de paz e encontro, na construção de um mundo melhor”, destaca.

Ao todo, cerca de 50 percussionistas vão agitar a bateria. Após o bloco, será realizada a Feijoada de São José, acompanhada de uma roda de samba.

Foto: Divulgação

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.