Arquidiocese do Rio de Janeiro

36º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 28/02/2017

28 de Fevereiro de 2017

São Sebastião visita Hospital da Lagoa e comunidades de Copacabana

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

28 de Fevereiro de 2017

São Sebastião visita Hospital da Lagoa e comunidades de Copacabana

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

09/01/2017 20:24 - Atualizado em 10/01/2017 15:42
Por: Nathalia Cardoso, com Jéssica Pinheiro e Symone Matias

São Sebastião visita Hospital da Lagoa e comunidades de Copacabana 0

São Sebastião visita Hospital da Lagoa e comunidades de Copacabana / Arqrio

A tarde deste 3º dia de Trezena de São Sebastião começou com a visita da imagem peregrina e da comitiva à Paróquia São José, na Lagoa. De lá, a imagem seguiu, acompanhada do arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, dos padres Jorge Lutz, João Damasceno Furtado Câmara e Márcio Luiz da Costa, e do diácono Carlos Davis para o Hospital Federal da Lagoa, onde visitaram todos os andares – o cardeal abençoou a todos – e pararam na oncologia e UTI pediátricas. Em seguida, a comitiva seguiu para a sede do Grupo Bandeirantes, em Botafogo, e depois visitou a Cruzada de São Sebastião, no Leblon. Por último, foram às capelas das favelas do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho.

Hospital Federal da Lagoa

A diretora geral do Hospital Federal da Lagoa, Roberly Bichara Pinto, foi quem recepcionou a comitiva e recebeu a imagem, no hall do hospital, onde Dom Orani fez a celebração missionária.

“O simbolismo que tem a imagem de São Sebastião e a Igreja traz conforto a essas pessoas, anima os pacientes. É uma contribuição que transforma o hospital em um lugar de cura a esperança, e não de doença. A presença de Dom Orani e da imagem peregrina auxilia no tratamento, especialmente nesse início de ano, que é um momento de renovação de esperanças”, pontuou a diretora.

O vigário paroquial da Paróquia São José, padre João Damasceno, que fez a acolhida da imagem na visita à paróquia, explicou que celebra missa todo dia 11 de cada mês no hospital. Nas celebrações, sempre se reúnem os médicos, enfermeiros, equipes de limpeza, segurança, e as demais que trabalham no local.

“A bênção e a unção dos enfermos que Dom Orani dá hoje perdem aquela conotação antiga que faz medo nas pessoas. O objetivo aqui é levar ânimo e saúde, intercedendo para que quem esteja doente se recupere e volte para o seio da família”, frisou o sacerdote.

Ângela Maria de Oliveira, coordenadora de enfermagem e do ambulatório, pediu a intercessão do padroeiro da cidade pelos colegas servidores públicos do estado que estão sem receber seus salários.

“A fé nos ajuda a nos fortalecermos. Temos passado por um momento muito crítico. Não nós, que somos servidores federais, mas nossos colegas dos hospitais estaduais que não têm recebido o pagamento. É uma luta muito difícil para eles, que precisam manter a casa e a família sem a remuneração. Pedimos a São Sebastião que ele ajude nossos colegas com essa situação e que nos ajude para que não passemos por isso também”, pediu.

Band

Na sede do Grupo Bandeirantes, em Botafogo, a imagem foi acolhida pelo diretor geral da Band Rio, Daruiz Paranhos. Dom Orani presidiu a celebração missionária e em seguida foi entrevistado ao vivo na programação da rádio pelo jornalista Rodolfo Schneider, diretor de jornalismo do Grupo Bandeirantes no Rio.

Cruzada de São Sebastião

No Leblon, a comitiva visitou a Paróquia Santos Anjos, situada ao lado da Cruzada de São Sebastião. A imagem peregrina foi acolhida pelo pároco, padre Célio Calixto. Ele foi quem levou a imagem em procissão, seguido da comitiva, até a Cruzada. Dom Orani fez a celebração missionária no local.

“A Cruzada surgiu com Dom Hélder, uma pessoa que sempre falou muito de solidariedade, algo que tem a ver com o tema da Trezena deste ano. Portanto, é muito importante para nós a presença do nosso cardeal e de nosso padroeiro aqui hoje”, afirmou padre Célio.

Morador do local, o senhor Manoel João Camilo, de 85 anos, participa da Trezena desde a primeira visita à Cruzada. Se emocionou ao contar a história de quando se mudou da favela da Praia do Pinto para o condomínio, construído por Dom Helder Câmara para abrigar as vítimas das remoções da época.

“São Sebastião iluminou a cabeça de Dom Helder, que para mim é um santo. Eu morei na favela e hoje moro nesse paraíso. Acredito que não saio mais daqui. Nós devemos tudo o que acontece de bom aqui ao nosso padroeiro. Não poderia ser diferente. Eu carrego os dois no coração: São Sebastião e Dom Helder”, disse, entre lágrimas.

Cantagalo e Pavão-Pavãozinho

Nas favelas do Pavão-Pavãozinho e do Cantagalo, a imagem visitou, respectivamente, a Capela da Anunciação e a Capela Nossa Senhora de Fátima, ambas no território paroquial da Paróquia da Ressurreição.

O vigário paroquial, padre Gabriel de Moraes Coelho, acompanhou as visitas e fez a acolhida da imagem peregrina nos locais. O padre Francisco Alves da Silva, vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, também acompanhou as visitas e conduziu a imagem em alguns momentos.

A irmã Maria Rosa, da Família Missionária Donum Dei, que mora no Pavão-Pavãozinho com mais três irmãs, realiza um trabalho missionário junto à capela Nossa Senhora de Fátima. Elas coordenam a catequese, são agentes sociais e auxiliam os padres na comunidade.

“Não tenho palavras para explicar essa visita. Tinham tantas capelas onde ele poderia ir, mas veio até a nossa. É uma visita muito importante para dar paz à nossa comunidade e a tantas famílias que residem”, pontuou.

A paroquiana Romilda Trajano da Silva Pinto, moradora do Pavão-Pavãozinho, participa da Trezena todos os anos.

“Eu sinto uma paz muito grande de estar com ele. Ele protege, guarda e ajuda. É a fé viva! Todo ano estou aqui prestigiando e pedindo a intercessão de São Sebastião. Ele é guerreiro!”, afirmou.

*Foto: Symone Matias

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.