Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 28/03/2017

28 de Março de 2017

São Sebastião, a esperança dos que sofrem

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

28 de Março de 2017

São Sebastião, a esperança dos que sofrem

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

09/01/2017 14:27 - Atualizado em 09/01/2017 14:28
Por: Nathalia Cardoso, com Jéssica Pinheiro e Symone Matias

São Sebastião, a esperança dos que sofrem 0

São Sebastião, a esperança dos que sofrem / Arqrio

Na manhã deste dia 9 de janeiro, 3º dia da Trezena de São Sebastião, a imagem peregrina visitou, pela manhã, o Mosteiro Nossa Senhora dos Anjos da Porciúncula, das Irmãs Clarissas, no Jardim Botânico, o Asilo Orionita da Associação Solidários Amigos de Betânia (Asab), no Jardim Botânico, e a Rede Globo de Televisão, no Jardim Botânico.

No mosteiro, o arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, presidiu a Santa Missa, concelebrada pelos padres Márcio Luiz da Costa e Jorge Lutz. Ambos estão acompanhando a comitiva. A celebração foi transmitida pela Rádio Catedral FM 106,7.

“Com o tema da Trezena deste ano, ‘São Sebastião, protetor das famílias cariocas’, vemos que um jeito de viver o nosso batismo é formamos bem nossas famílias para que vivam educando seus filhos na fé. Trabalhar pela família é a grande preocupação do Papa Francisco desde o início de seu pontificado. Ser cristão hoje é também procurar viver como família cristã. Em um mundo onde se proclama o contrário do bem, que saibamos nadar contra a corrente”, incentivou o cardeal.

Ao final da celebração, as irmãs cantaram uma música de autoria própria em homenagem ao santo padroeiro. Dom Orani prometeu incorporá-la à Trezena de 2018.

“Nós ficamos sempre muito edificadas com o carinho e a dedicação de Dom Orani, que apesar do calor, percorre a cidade com a imagem do celeste padroeiro do Rio de Janeiro. Um intrépido soldado que deu a vida em confissão de amor por Jesus. Essa evangelização é muito bela. Levando a imagem em todas as áreas do Rio, desde o Centro à Zona Sul, até os bairros mais distantes. E ele mesmo, Dom Orani, vai levando a imagem e conduzindo a procissão. Nós ficamos muito edificadas com esse apostolado”, afirmou a Madre Abadessa das Irmãs Clarissas, Maria Pacífica de Jesus.

O mosteiro tem 28 consagradas, sendo três responsáveis pelo serviço externo e as demais em regime de clausura.

“Temos uma imagem grande de São Sebastião aqui no mosteiro. Foi uma doação feita por um padre da Basílica Nossa Senhora de Lourdes, em Vila Isabel. Nós a colocamos na varanda, na entrada de nossa capela. Ele é quem recebe as pessoas que chegam, e é o sinal da nossa cidade e arquidiocese, indicando a especial devoção”, explicou a irmã.

Casa Betânia para idosos

Na Casa Betânia do Jardim Botânico, que abriga 21 idosos, a maioria carente, a imagem foi acolhida pelo padre Elio Frison, coordenador espiritual da casa e vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Divina Providência, no Jardim Botânico, cujo território abriga o asilo. Também estava presente o padre Luiz Carlos da Cruz, pároco.

“Não nasci no Rio, mas estou muito feliz por representar a Casa Betânia neste momento em que o nosso cardeal trouxe a imagem de São Sebastião para esta visita. Sinto-me realizado”, afirmou o padre Elio.

Silvania Luzia Helfer, colaboradora da casa e secretária da Paróquia Nossa Senhora da Divina Providência, contou que a o local vive de doações e que a visita vai ajudar a solidarizar as pessoas quanto à importância das doações.

“A visita de São Sebastião será uma forma de mobilizar os paroquianos e criar um comprometimento maior com a Igreja. Isso vai sensibilizá-los muito”, pontuou.

Rede Globo

O diretor geral da Rede Globo de Televisão, Carlos Henrique Schroder, foi quem recepcionou a imagem peregrina e a comitiva nos estúdios.

Dom Orani, em sua fala, fez um apelo a São Sebastião pelas famílias, para que elas permaneçam unidas e as pessoas se ajudem mutuamente na superação dos desafios.

“Existe muita beleza e solidariedade nas famílias. E essas características podem ser transmitidas quanto mais nós falarmos disso. Em meio a tantas coisas ruins, percebemos que é possível contagiar com o bem. E essa é nossa preocupação com a Trezena: suscitar nas pessoas a busca de ser família e a solidariedade entre nós, que é algo possível”, ressaltou.

O assistente eclesiástico junto à Rede Globo de Televisão, padre Omar Raposo, falou sobre as visitas do dia e a importância da peregrinação do padroeiro neste ano em que o estado passa por momentos difíceis.

“A peregrinação traz sempre uma motivação. E este ano, o tema da família vem integrado a essas visitas. Existe, ao mesmo tempo, o desdobramento social. A arquidiocese está fazendo uma campanha de arrecadação de alimentos. Portanto, São Sebastião, por onde passa, está arrecadando alimentos para que possamos colaborar com as pessoas que estão passando por momentos de dificuldade em nosso estado”, explicou ele, referindo-se à crise financeira que tem ocasionado o atraso nos pagamentos dos funcionários públicos do Rio.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.