Arquidiocese do Rio de Janeiro

26º 11º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 20/07/2019

20 de Julho de 2019

Papa aos bispos dos EUA: "Abater muros e construir pontes"

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

20 de Julho de 2019

Papa aos bispos dos EUA: "Abater muros e construir pontes"

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

16/11/2016 12:01 - Atualizado em 16/11/2016 12:03
Por: Rádio Vaticano

Papa aos bispos dos EUA: "Abater muros e construir pontes" 0

temp_titleAP3014197_Articolo_16112016115909

O Papa Francisco exorta a Igreja dos Estados Unidos a “abater os muros e construir pontes”, na videomensagem que dirigiu esta quarta-feira à Assembleia Geral da Conferência Episcopal do país (USCCB), reunida em Baltimore, Maryland, de 14 a 17 de novembro.

Ouça a reportagem na íntegra.

“Nosso grande desafio é criar uma cultura do encontro, que encoraje cada pessoa e cada grupo a compartilhar a riqueza de suas tradições e experiências, a abater os muros e a construir pontes”, indica o Santo Padre na mensagem.

“Comunhão entre nós, com os outros cristãos e com todos aqueles que buscam um futuro de esperança”, acrescentou Francisco. “Devemos nos tornar sempre mais plenamente, uma comunidade de discípulos missionários, repletos de amor pelo Senhor Jesus e de entusiasmo pela difusão do Evangelho”.

Francisco considera que “a Igreja nos Estados Unidos, como em outras partes do mundo, é chamada a sair de sua comodidade”. Sublinha que os católicos devem ser “mensageiros de boas notícias na sociedade, sujeita a desconcertantes mudanças sociais, culturais e espirituais, além de uma crescente polarização”.

Ao recordar sua viagem aos Estados Unidos em setembro de 2015, para o Encontro Mundial das Famílias, o Pontífice assegura ter ficado “impressionado pela vitalidade e a diversidade da comunidade católica” no país.

“Ao longo da história, a Igreja em seu país acolheu e integrou novos fluxos de imigrantes. Com uma rica variedade de suas línguas e tradições culturais, deu forma ao rosto em contínua transformação da Igreja estadunidense”.

Neste sentido, Francisco pede ao clero estadunidense que considere de que maneira as Igrejas locais poderiam “responder à crescente presença, aos dons e aos potencial da comunidade hispânica”.

Ao valorizar a contribuição que a comunidade hispânica deu à vida da nação, Francisco garante sua oração pelo Quinto Encontro Nacional da Pastoral Hispânica - que terá início em janeiro próximo- para que este “dê frutos para a renovação da sociedade americana e para o apostolado da Igreja nos Estados Unidos” e reconheça e valorize “os dons específicos que os católicos hispânicos ofereceram e seguem oferecendo à Igreja estadunidense”.

Foto: AP

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.