Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 21º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 22/05/2019

22 de Maio de 2019

Francisco: todo cristão é missionário no ambiente em que vive

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

22 de Maio de 2019

Francisco: todo cristão é missionário no ambiente em que vive

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

19/10/2016 18:45 - Atualizado em 19/10/2016 18:46
Por: Rádio Vaticano

Francisco: todo cristão é missionário no ambiente em que vive 0

temp_titlePapa_audincia_geral_14_10_19102016184251

Na Audiência Geral desta quarta-feira, 19 de outubro, o Papa Francisco recordou que no próximo domingo, dia 23, a Igreja celebra o Dia Mundial das Missões, “ocasião preciosa para refletir sobre a urgência do compromisso missionário da Igreja e de cada cristão”. “Somos chamados a evangelizar no ambiente em que vivemos e trabalhamos”, disse o Pontífice.

>> Clique aqui e ouça a reportagem

Em 15 de maio passado, foi publicada a mensagem para o Dia Mundial das Missões sobre o tema “Igreja missionária, testemunha de misericórdia”.
 
No documento, o Papa ressalta que “somos convidados a sair, como discípulos missionários, pondo cada um a render os seus talentos, a sua criatividade, a sua sabedoria e experiência para levar a mensagem da ternura e compaixão de Deus à família humana inteira”.

“A Igreja tem no coração aqueles não conhecem o Evangelho, pois deseja que todos sejam salvos e cheguem a experimentar o amor do Senhor. A Igreja tem a missão de anunciar a misericórdia de Deus, coração pulsante do Evangelho, e anunciá-la em todos os cantos da terra”, destaca o Papa na mensagem.
 
“Sinal eloquente do amor materno de Deus é uma considerável e crescente presença feminina no mundo missionário, ao lado da presença masculina.” “São muitas”, hoje, recorda o Pontífice, “as mulheres leigas ou consagradas e também numerosas famílias que realizam a sua vocação missionária nas mais variadas formas: desde o anúncio direto do Evangelho ao serviço social e caritativo”. 

Deste modo, “cuidando da vida, com uma acrescida atenção centrada mais nas pessoas do que nas estruturas”, as famílias serão capazes de “construir harmonia, relacionamento, paz, solidariedade, diálogo, cooperação e fraternidade”, nas relações interpessoais, na vida social e no cuidado dos pobres.

“A misericórdia encontra a sua manifestação mais alta e perfeita no Verbo encarnado” que encarna e personifica a misericórdia.

Foto: Observatório Romano

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.