Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 15º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 25/07/2017

25 de Julho de 2017

‘No ritmo da fé’: a casa da música católica

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

25 de Julho de 2017

‘No ritmo da fé’: a casa da música católica

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

04/10/2016 11:55 - Atualizado em 04/10/2016 11:55
Por: Elizabete Martins (Produtora do “No ritmo da fé”)

‘No ritmo da fé’: a casa da música católica 0

temp_titleRitmo_da_F_04102016115346

Com a missão de fazer conhecida não só a música, mas os compositores e os cantores católicos, o programa “No ritmo da fé” reestreou em março deste ano na programação da Rádio Catedral FM 106,7. No ar aos sábados, a partir das 21h, Silvio Júnior recebe convidados que dividem com o ouvinte seu testemunho, suas experiências e a composição de suas canções.

O programa “No ritmo da fé” é sucesso de público, ultrapassando os limites do dial, chegando também à internet em formato de vídeo. Um dos momentos mais especiais do programa é a homenagem ao convidado, na qual o ouvinte pode conhecer mais um pouco da sua intimidade. A ideia é que os ouvintes/internautas conheçam não só as músicas, mas também o músico.

“Essa é uma maneira da emissora dizer aos músicos: ‘muito obrigado!’. Vocês também fazem parte da nossa história, vocês fazem parte da nossa vida. É uma maneira também de homenagear vocês. Por isso que esse espaço existe. Muito mais que mostrar o talento dos músicos, é mostrar também um pouco da realidade, da essência deles”, declarou Silvio Júnior.

Já passaram pelo programa grandes nomes da música católica, como: Celina Borges, Davidson Silva, Aline Brasil, Olivia Ferreira e tantos outros. Recentemente, quem esteve no programa foi o cantor e compositor Jorge Mongó, lançando seu CD “Entre Amigos”.

“Participar do ‘No ritmo da fé’ foi uma experiência única, aquela experiência que você sabe que não vai acontecer de novo, porque foi algo que vocês conseguiram extrair de mim, algo que eu não gosto de falar, de colocar para fora; eu tenho essa dificuldade de expressar as minhas emoções. A música católica agradece porque são poucos os canais que nós temos, e o programa é a casa da música católica”, disse o cantor.

A origem do nome

O programa surgiu numa conversa no estúdio da emissora entre o locutor Silvio Júnior e o seminarista da época, José Brito Terceiro, hoje padre e diretor de programação da emissora oficial da Arquidiocese do Rio.

“Em uma conversa descontraída entre eu e o Silvio, surgiu a ideia de divulgar mais os cantores católicos. E nessa divulgação, através das músicas, transmitir a fé para os nossos ouvintes; aí veio o nome ‘No ritmo da fé’. Na época eu ainda estava no seminário, nem era padre, mas ia sempre à rádio porque sempre gostei muito”, contou padre Brito.

Portanto, num sábado de 1999, às 14h, vai ao ar pela primeira vez o programa, tornando-se o maior sucesso. Já passaram pela locução: Ricardo Franco, Robson Alencar e Vinícius Lima, que durante dois anos comandaram o momento musical. De lá pra cá, o espaço passou por mudanças, buscando sempre a fidelidade dos ouvintes.

Agora, com uma nova roupagem, você confere quem será o convidado da semana no site da rádio: www.radiocatedral.com.br. O programa também pode ser visto, após a exibição, no canal do Youtube: www.youtube.com.br/radiocatedral.

Foto: Arquivo Rádio Catedral

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.