Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 23/05/2019

23 de Maio de 2019

Papa levará o valor da paz e a oração pela Síria ao Cáucaso

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

23 de Maio de 2019

Papa levará o valor da paz e a oração pela Síria ao Cáucaso

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

26/09/2016 13:42 - Atualizado em 26/09/2016 13:43
Por: Rádio Vaticano

Papa levará o valor da paz e a oração pela Síria ao Cáucaso 0

temp_titleAFP_26092016134017

Sexta-feira, 30 de setembro, o Papa Francisco deixa Roma de partida para a sua 16ª viagem internacional, “levando consigo o forte valor da paz”. É o que adianta o Diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, o estadunidense Greg Burke. Recebendo os jornalistas, ele acentuou a dimensão ecumênica da etapa na Geórgia e a inter-religiosa no Azerbaijão.

“É evidentemente uma viagem de paz: o Papa levará uma mensagem de reconciliação à toda a região. Será a primeira vez que uma delegação na Geórgia participa da missa do Papa, e também o Patriarca estará no aeroporto aguardando Francisco”.

Enquanto na Geórgia o destaque serão os encontros do Pontífice com a comunidade ortodoxa local, no Azerbaijão a dimensão do diálogo inter-religioso será a predominante. Segundo o programa, os principais eventos na etapa em Baku serão a visita à mesquita e o encontro com o xeque dos muçulmanos no Cáucaso.

Durante a viagem – na qual o Papa vai fazer 10 discursos – haverá também um momento de proximidade com a população síria e iraquiana, sofridas pela guerra. Francisco vai fazer uma oração pela paz, rezando pela ‘Igreja-mártir’ na Síria, no templo católico caldeu de São Simone Bar Sabbae.

Geórgia, Azerbaijão e Armênia são três países soberanos na região do Cáucaso, os únicos cuja independência é reconhecida internacionalmente.

A viagem do Pontífice à Geórgia e Azerbaijão completa a sua ‘missão caucasiana’ iniciada com a visita à Armênia, em junho passado.

Foto: AFP

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.