Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 22/05/2019

22 de Maio de 2019

Papa cria novo Organismo para o Desenvolvimento Humano Integral

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

22 de Maio de 2019

Papa cria novo Organismo para o Desenvolvimento Humano Integral

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

31/08/2016 09:54 - Atualizado em 31/08/2016 10:46
Por: Rádio Vaticano

Papa cria novo Organismo para o Desenvolvimento Humano Integral 0

temp_titleOSSROM129111_Articolo_26082016111327

Com uma Carta Apostólica em forma de Motu proprio o Papa instituiu nesta quarta-feira, dia 31 de agosto, o novo Organismo para o “Serviço do Desenvolvimento Humano Integral” (“Humanam progressionem su istituzione”).

Ouça a reportagem na íntegra.



Em todo o seu ser e agir, diz o Papa no
 Motu proprio, a Igreja é chamada a promover o desenvolvimento integral do homem à luz do Evangelho. Tal desenvolvimento se atua mediante o cuidado dos bens incomensuráveis da justiça, da paz e da proteção da criação.

Francisco, na sua obra em prol da afirmação de tais valores, adapta continuamente os organismos que com ele colaboram, para que possam atender melhor às exigências dos homens e mulheres, que são chamados a servir.

Portanto, a fim de implementar a solicitude da Santa Sé nos âmbitos mencionados, bem como aqueles relacionados com a saúde e as obras de caridade, o Papa institui o novo Organismo da Santa Sé para o “Serviço do Desenvolvimento Humano Integral”.

Diretrizes

Este Organismo tem competências, de modo particular, nas áreas relacionadas com as migrações, os necessitados, os enfermos e excluídos, os marginalizados e as vítimas dos conflitos armados e desastres naturais, os encarcerados, os desempregados e as vítimas de qualquer forma de escravidão e de tortura.

O novo Organismo, com um Estatuto próprio “ad experimentum”, começará suas atividades a partir de 1º de janeiro de 2017, e vai englobar os atuais Pontifícios Conselhos: Justiça e Paz, “Cor Unum”, Pastoral dos Migrantes e Itinerantes e Pastoral no Campo da Saúde. A partir desta data, estes quatro Pontifícios Conselhos cessarão as suas atividades.

Tais liberações terão caráter firme e estável, não obstante quaisquer disposições contrárias, mesmo se dignas de menção particular.

Novo prefeito

O Papa nomeou o Cardeal Peter Kodwo Appiah Turkson, até agora Presidente do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, Prefeito do novo Organismo da Santa Sé para o “Serviço do Desenvolvimento Humano Integral”. 

Foto: L'Osservatore Romano

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.