Arquidiocese do Rio de Janeiro

31º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 26/05/2017

26 de Maio de 2017

Traduzir o Evangelho com a própria vida

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

26 de Maio de 2017

Traduzir o Evangelho com a própria vida

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

21/07/2016 15:34 - Atualizado em 21/07/2016 16:04
Por: Raphael Freire (raphaelfreire@radiocatedral.com.br)

Traduzir o Evangelho com a própria vida 0

temp_titleCatequese_2_PreJornada_11_21072016153249

Vivenciando as três ações que norteiam e contemplam a Pré-Jornada – espiritualidade, cultura e missionariedade –, jovens e peregrinos da comitiva oficial da Arquidiocese do Rio de Janeiro participaram, no dia 21 de julho, da segunda catequese da semana missionária realizada na Arquidiocese de Braga, em Portugal.

O arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, proferiu a catequese com o tema “Misericórdia transmitida”, ressaltando a responsabilidade do protagonismo juvenil em um mundo cheio de fragilidades e violência. Recordando o Ano Santo da Misericórdia, o arcebispo pontuou a teoria e a prática da misericórdia nos escritos e na vida de Santa Faustina, São João Paulo II, Bento XVI, e Papa Francisco, destacando alguns trabalhos pastorais e sociais que a Igreja no Rio realiza com o objetivo de transmitir a misericórdia de Deus.   

O coordenador de pastoral, monsenhor Joel Portella Amado, também participou da catequese apresentando gestos concretos assumidos pela Arquidiocese do Rio com ações preventivas e de recuperação, que a partir deste ano serão implementados e executados de forma permanente, tornando-se um legado deste Ano Jubilar. São eles: Escuta, Escolas de Perdão e Reconciliação (ESPERE), Mediação Comunitária e o fortalecimento dos trabalhos já realizados com adolescentes e jovens em saída das unidades de medidas socioeducativas.

>> Clique e ouça a Catequese na íntegra

Na missa, realizada na Capela Imaculada Conceição, no Seminário Arquidiocesano de Braga, que acolhe e hospeda a comitiva carioca, o arcebispo refletiu sobre o aprofundamento, a vivência e anúncio da fé. Recordando o trabalho realizado pela Iniciação Cristã, reforçou a necessidade de acolher e compreender a mensagem do Evangelho para depois transmiti-la aos que vivem longe de Deus.

“Um jovem evangeliza outro jovem com mais facilidade quando consegue traduzir a mensagem do Evangelho com a sua própria vida. A proximidade com Deus torna mais evidente a compreensão da Palavra e, por sua vez, a sua transmissão. Quem fez e faz a experiência da JMJ deve, através de uma busca permanente, conhecer e viver a Palavra de Deus para traduzi-la aos outros fazendo com que as pessoas encontrem a verdadeira vida que é Jesus Cristo”, exortou.

>> Clique e ouça a Homilia de Dom Orani na íntegra

Na programação do dia, a comitiva visitou a Casa de Saúde do Bom Jesus, administrada pela Congregação de Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, que desenvolve sua ação preferencialmente no âmbito da saúde mental e psiquiatria. À noite, houve uma atividade cultural no Seminário de Braga, que contemplou a participação de brasileiros e lusitanos.

temp_titleCatequese_2_PreJornada_3_21072016152229

temp_titleCatequese_2_PreJornada_10_21072016152231

Colaboração e fotos: Fátima Lima


Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.