Arquidiocese do Rio de Janeiro

28º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 25/09/2017

25 de Setembro de 2017

Cristãos perseguidos serão lembrados na JMJ 2016

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

25 de Setembro de 2017

Cristãos perseguidos serão lembrados na JMJ 2016

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

18/07/2016 16:15 - Atualizado em 18/07/2016 16:15
Por: Rádio Vaticano

Cristãos perseguidos serão lembrados na JMJ 2016 0

Cristãos perseguidos serão lembrados na JMJ 2016 / Arqrio

A fundação pontifícia ‘Ajuda à Igreja que Sofre’ (AIS) lançará a campanha internacional ‘Let’s be One’, destinada aos participantes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em Cracóvia, Polônia, de 26 a 31 de julho.

“A campanha tem como objetivo conscientizar os jovens de que, em muitas partes do mundo, há milhões de cristãos que, por diversas razões, não podem ir à Polônia participar da JMJ apesar de o desejarem fazer”, refere um comunicado de AIS enviado à Agência Ecclesia.

A partir de depoimentos pessoais, que deram origem a pequenos filmes de cerca de 1 minuto cada, a Fundação AIS pretende dar voz a “rostos concretos” de jovens que são testemunho, de alguma forma, do sofrimento dos cristãos.

“Trata-se de jovens católicos oriundos de países como Israel, Papua-Nova Guiné, Iraque, Cuba, Quênia e Polônia, e trazem uma mensagem comum: ‘Não podemos estar em Cracóvia por causa da guerra, da pobreza, da distância, ou do trabalho voluntário aos outros, mas estaremos unidos a todos em oração’”, assinala a fundação pontifícia.

Por causa do Meu Nome

Os jovens que participarão da JMJ na Polônia irão assistir ao musical ‘Por causa do Meu Nome’, dedicado também aos cristãos perseguidos.

“Hoje em dia, passa-se aos jovens a informação de que a fé não é importante, que não está na moda”, afirma o Padre Waldemar Císlo, diretor da AIS na Polônia.

O musical foi composto por Piotr Rubik, um dos mais conhecidos compositores poloneses da atualidade, e será apresentado em Cracóvia, em 29 de julho, após a Via-Sacra, presidida pelo Papa Francisco.

Apoio aos jovens

Este ano, a fundação também terá uma participação na Via-Sacra, com um grupo composto por 21 representantes de diferentes países que levará a Cruz da oitava para a nona Estação.

A participação de AIS na JMJ deste ano é visível ainda no apoio dado a cerca de 40 grupos de diferentes países do mundo para que possam ir a Cracóvia.

“Em cada JMJ apoiamos a participação de vários grupos de jovens de diferentes partes do mundo, em especial de países onde há perseguição ou onde os cristãos são uma minoria. Países como o Iraque, Turquemenistão, Sudão do Sul, Chade, Argélia, Síria, Haiti, Paquistão e Bangladesh são apenas alguns exemplos”, esclarece Regina Lynch, responsável pelo Departamento de Projetos de AIS Internacional.

Jornadas anteriores

O encontro mundial de jovens com o Papa Francisco se realizará de 26 a 31 de julho e tem como tema ‘Bem-aventurados os misericordiosos, porque encontrarão misericórdia’.

Cada JMJ realiza-se, anualmente, no âmbito diocesano no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos numa grande cidade: em 1987, Buenos Aires (Argentina); em 1989, Santiago de Compostela (Espanha); em 1991, Czestochowa (Polônia); em 1993, em Denver (EUA); em 1995, Manila (Filipinas); em 1997, Paris (França); em 2000, Roma (Itália); em 2002, Toronto (Canadá); em 2005, Colônia (Alemanha); em 2008, Sidney (Austrália); em 2011, Madri (Espanha) e Rio de Janeiro (Brasil), em 2013.

Foto: EPA

 

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.