Arquidiocese do Rio de Janeiro

25º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 17/08/2018

17 de Agosto de 2018

Em telegrama a Bruxelas, Papa condena “violência cega”

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

17 de Agosto de 2018

Em telegrama a Bruxelas, Papa condena “violência cega”

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

22/03/2016 11:25 - Atualizado em 22/03/2016 11:26
Por: Rádio Vaticano

Em telegrama a Bruxelas, Papa condena “violência cega” 0

“O Santo Padre condena novamente a violência cega que causa tanto sofrimento”, lê-se no telegrama enviado pela Secretaria de Estado ao Arcebispo de Bruxelas, Dom Jozef De Kesel.

“O Papa Francisco confia as vítimas à misericórdia de Deus e une-se em oração à dor dos familiares”, prossegue o texto assinado pelo Cardeal Pietro Parolin.

A mensagem termina afirmando que Francisco “implora a Deus o dom da paz, e invoca sobre as famílias e todos os belgas as bênçãos divinas”.

Bruxelas sob ataque: bombas explodem no aeroporto e no metrô

Nível máximo de alerta contra o terrorismo na Bélgica após as explosões no aeroporto de Bruxelas e no metrô, na manhã desta terça-feira, 22 de março, provocada por homens-bomba.

No aeroporto Zaventem, duas explosões por volta das 8h30 locais, deixaram 14 mortos e 81 feridos. Na estação Maelbeek, a 500 metros dos prédios da União Europeia, outra explosão foi registrada por volta das 9h15 e deixou 20 mortos e 65 feridos. O sistema de transportes foi paralisado em todo o país. 

O porta-voz dos bispos da Bélgica, Padre Tommy Scholtes, declarou:

"Os bispos compartilham a angústia de milhares de passageiros e suas famílias, das tripulações aéreas e das equipes de emergência que se encontram mais uma vez na linha de frente. Confiam à oração toda esta situação dramática, em particular a todas as vítimas". 

Igreja Católica da Bélgica acompanha a tragédia e deve publicar em breve o testemunho do capelão do aeroporto, Michel Gaillard.

No Facebook, o aeroporto de Bruxelas anunciou que todos os voos foram cancelados.

A Rádio Vaticano contatou o jornalista brasileiro que vive em Bruxelas, Adriano Luís Leite.

>> Ouça a entrevista

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.