Arquidiocese do Rio de Janeiro

29º 20º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 25/05/2017

25 de Maio de 2017

‘Pátio dos Encontros’: A Igreja em saída ao encontro do mundo

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

25 de Maio de 2017

‘Pátio dos Encontros’: A Igreja em saída ao encontro do mundo

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

14/03/2016 11:46 - Atualizado em 14/03/2016 11:47
Por: Da redação

‘Pátio dos Encontros’: A Igreja em saída ao encontro do mundo 0

O Papa Francisco, quando visitou o Rio de Janeiro, nos propôs a Cultura do Encontro. Para enfrentar o presente é necessário um diálogo construtivo nos diversos setores da sociedade hoje. Diz ele: “Entre a indiferença egoísta e o protesto violento, há uma opção sempre possível: o diálogo. O diálogo entre as gerações, o diálogo no povo, porque todos somos povo, a capacidade de dar e receber, permanecendo abertos à verdade. Um país cresce, quando dialogam de modo construtivo as suas diversas riquezas culturais: a cultura popular, a cultura universitária, a cultura juvenil, a cultura artística e a cultura tecnológica, a cultura econômica e a cultura da família, e a cultura da mídia. Quando dialogam… É impossível imaginar um futuro para a sociedade, sem uma vigorosa contribuição das energias morais numa democracia que permaneça fechada na pura lógica ou no mero equilíbrio de representação de interesses constituídos”.

O Santo Padre afirma que “uma sociedade cresce, quando dialogam de modo construtivo as suas diversas riquezas culturais”. A Igreja Católica do Rio de janeiro, respondendo a este apelo do papa Francisco, quer ser promotora deste diálogo intercultural e inter-religioso. Para tanto, quer promover, em nossa cidade, o ‘Pátio dos Encontros’.

Como trilhar esse caminho? Como criar um ambiente fecundo para o desenvolvimento da cultura do encontro em nossa cidade? Essas são as perguntas que norteiam a proposta do ‘Pátio dos Encontros’, evento a ser realizado no Rio de Janeiro, entre os dias 6 a 8 de abril de 2016, com a presença do Cardeal Gianfranco Ravasi. A partir do tema tão pertinente “Ética e Transcendência”, ou melhor, respondendo a questão “De onde vem a minha Ética?”, se buscará promover encontros entre os diversos setores e atores da sociedade carioca. Essa tendência de fragmentação, muitas vezes violenta, só poderá ser revertida com mais e mais encontros, com a cultura do Encontro.

Como se desenvolverá?

O ‘Pátio dos Encontros’ precisa, no início, de impacto e que demonstre, na prática, e com grande visibilidade, a cultura do encontro entre diferentes ações. Nestes dias e nos meses seguintes, teríamos outros encontros organizados por grupos que se sentirem motivados a propor seus próprios encontros, dos mais variados tipos, em qualquer local da cidade. O foco será na ação, nos encontros propriamente ditos e em sua capacidade de mudar efetivamente a vida dos participantes e da sociedade ao redor, seguindo os conselhos bem práticos do Papa Francisco: "O outro tem sempre algo para nos dar, desde que saibamos nos aproximar dele com uma atitude aberta e disponível, sem preconceitos. Esta atitude aberta, disponível e sem preconceitos, eu a definiria como humildade”.

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.