Arquidiocese do Rio de Janeiro

25º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 23/10/2018

23 de Outubro de 2018

Igreja Católica: Número de batizados cresce mais do que população mundial

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

23 de Outubro de 2018

Igreja Católica: Número de batizados cresce mais do que população mundial

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

10/03/2016 15:07 - Atualizado em 10/03/2016 15:13
Por: Agência Ecclesia

Igreja Católica: Número de batizados cresce mais do que população mundial 0

Igreja Católica: Número de batizados cresce mais do que população mundial / Arqrio

O Vaticano divulgou na última segunda-feira, 7 de março, a última edição do “Anuário Estatístico da Igreja”, relativo a 2014, onde se revela que desde 2005 o número de batizados cresceu mais do que a população mundial.

Entre 2005 e 2014 o número de católicos batizados em todo o mundo aumentou 14% e a população mundial 10,8%, revela o ‘Annuarium Statisticum Ecclesiae' 2014 de acordo a informação divulgada pela Sala de Imprensa da Santa Sé.

Em termos absolutos, em 2014 contam-se 1272 milhões de católicos (17,8% da população), enquanto em 2005 eram 1115 milhões (17,3% da população mundial).

A Europa, com quase 23% da comunidade católica mundial em 2014, é a área “menos dinâmica”, com um crescimento do número de católicos pouco superior a 2%, enquanto que o continente africano registra o maior crescimento, quase 41%.

Na Europa, a percentagem de católicos em relação à população situava-se nos 40% em 2014, e o crescimento demográfico desde 2005 foi inferior ao aumento do número de batizados em algumas décimas.

Entre 2005 e 2014, o número de batizados na Oceania cresceu menos do que a população do continente (15,9% e 18,2%, respectivamente), ao contrário do que se verificou na América, onde os católicos aumentaram 11,7% e a população 9,6%, e na Ásia, que registrou um aumento de 20% no número de católicos e 9,6% no crescimento populacional.

Em todo o mundo, o número de bispos passou de 4841 para 5237, entre 2005 e 2014, aumentando 8,2%; e o número de sacerdotes, diocesanos e religiosos, cresceu em 9381, passando de 406 411 para 415 792, aumentando 32,6% em África, 27,1% na Ásia e diminuindo 8% na Europa e 1,7% na Oceania.

De acordo com o comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé, o maior crescimento nos vários grupos analisados pelo ‘Annuarium Statistitcum Ecclesiae' 2014 refere-se aos diáconos permanentes, com um aumento de 33,5% entre 2005 e 2014, passando de 33 mil para quase 45 mil.

Os diáconos permanentes são agentes pastorais de maior relevo, sobretudo na América do Norte, onde atuam 64,49% dos diáconos permanentes do mundo, e na Europa, onde trabalham 32,6%.

“A dinâmica destes agentes não é certamente devido a razões temporárias e contingentes, mas parece expressar novas e diferentes opções na apresentação da atividade de difusão da fé”, refere o comunicado da Sala de Imprensa.

Os dados estatísticos da Igreja Católica, que comparam os números de 2014 em relação aos de 2005, mostram ainda uma diminuição de religiosos professos não sacerdotes, de 54708 para 54559, nomeadamente na América (-5,0%), na Europa (-14,2%) e na Oceania (-6, 8%), tendo-se registrado um aumento na África (10,2%) e na Ásia (30,1%).

O ‘Annuarium Statisticum Ecclesiae' 2014 refere também a evolução do número dos candidatos ao sacerdócio no mundo, que aumentou de 114.439 em 2005 para 116.939 em 2014, tendo-se sido 120 616 em 2011.

Foto: Observatório Romano

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.