Arquidiocese do Rio de Janeiro

27º 19º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 25/07/2017

25 de Julho de 2017

"Me chamem Francisco" terá première mundial no Vaticano

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

25 de Julho de 2017

"Me chamem Francisco" terá première mundial no Vaticano

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

23/11/2015 15:42 - Atualizado em 23/11/2015 15:43
Por: Rádio Vaticano

"Me chamem Francisco" terá première mundial no Vaticano 0

O primeiro filme sobre a vida do Papa Francisco intitulado “Call Me Francesco” (Me chamem Francisco) terá première mundial na Sala Paulo VI, no Vaticano, na terça-feira, 1° de dezembro, antes de entrar em cartaz nos cinemas italianos no dia 3. Dirigido por Daniele Luchetti, produzido pela TaoDue e distribuído pela Medusa, a película descreve a vida do Santo Padre desde a juventude até 13 de março de 2013, dia de sua eleição à Cátedra de Pedro.

O filme, aguardado com grande expectativa não somente por católicos, conta com emoção e intensidade a história do filho de imigrantes italianos na Argentina – Jorge Mario Bergoglio – desde a vocação surgida durante os anos obscuros da ditadura militar, passando pelo trabalho pastoral nas periferias de Buenos Aires, até se tornar o líder do rebanho católico.

A ideia de contar a vida do Papa Francisco - surgida poucos meses após a sua eleição à Cátedra de Pedro - é de Pietro Valsechi, fundador da produtora TaoDue. O filme, que tem um cast internacional e diretor italiano, será distribuído em todo o mundo, visto que o primeiro pontífice latino-americano une em todo o mundo regiões, línguas, culturas, gerações e classes sociais muito diferentes entre si.

O filme foi rodado na Argentina, Alemanha e Itália ao longo de 15 semanas, exigindo inúmeras pesquisas históricas e religiosas, buscando conjugar o necessário respeito pela verdade histórica com uma linguagem cinematográfica emocionante.

O ator argentino Rodrigo De la Serna, que trabalhou ao lado de Gael Garcia Bernal no filme de Walter Salles, Diários de Motocicleta, interpreta o então bispo de Buenos Aires, um filho de imigrantes italianos, quando jovem. O chileno Sergio Hernandez de Glória interpreta o futuro pontífice em seus anos mais recentes.

Call Me Francesco é baseado no best-seller “Francisco, o Papa do Povo”, de Evangelina Himitian,  uma jornalista de Buenos Aires.

Foto: ANSA 

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.