Arquidiocese do Rio de Janeiro

30º 18º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 23/05/2019

23 de Maio de 2019

Papa vai celebrar Nossa Senhora de Guadalupe no Vaticano

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

23 de Maio de 2019

Papa vai celebrar Nossa Senhora de Guadalupe no Vaticano

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

13/11/2015 14:08 - Atualizado em 13/11/2015 14:09
Por: Canção Nova

Papa vai celebrar Nossa Senhora de Guadalupe no Vaticano 0

Papa vai celebrar Nossa Senhora de Guadalupe no Vaticano / Arqrio

O Papa Francisco presidirá, no dia 12 de dezembro, a solene Celebração Eucarística, na Basílica de São Pedro, por ocasião da Festa de Nossa Senhora de Guadalupe.

Durante a celebração, o Pontífice confiará a Virgem o Ano da Misericórdia, todas as igrejas e povos do México, país que deverá visitar nos primeiros meses de 2016. A informação foi dada pelo Secretário da Pontifícia Comissão para a América Latina, Guzmán Carriquiry Lecour. Ele também confirmou a transmissão da celebração para todo o mundo.

Ao celebrar novamente Guadalupe no Vaticano, o Papa Francisco dará continuidade a uma tradição iniciada por Bento XVI, que, pela primeira vez, em 12 de dezembro de 2011, celebrou a Missa na Basílica de São Pedro por ocasião da Festividade da Virgem de Guadalupe, muito amada na América Latina e cujo Santuário atrai milhares de fiéis de todo o continente americano a cada ano. Na ocasião, Bento XVI anunciou a viagem a Cuba e México em 2012.

Em 2014, o Papa Francisco celebrou a Missa na Basílica, e alguns dos cantos litúrgicos executados pertenciam à conhecida Missa Criolla, composta pelo argentino Ariel Ramírez (1921-2010), que, justamente naqueles meses, recordava o 50º aniversário da primeira execução pública da obra, que também já foi gravada por Mercedes Sosa.

Em 2013, a Missa não foi celebrada devido aos numerosos compromissos do Papa Francisco. No entanto, na Audiência Geral de 11 de dezembro, durante as saudações, o Santo Padre dirigiu aos latino-americanos a seguinte mensagem:

“Amanhã celebra-se a festa de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira de toda a América. Aproveito o ensejo para saudar os irmãos e irmãs daquele continente, e faço-o pensando na Virgem de Tepeyac.

Quando apareceu a São Juan Diego, o seu rosto era mestiço e as suas vestes cheias de símbolos da cultura indígena. Seguindo o exemplo de Jesus, Maria está ao lado dos seus filhos, acompanha o seu caminho como mãe atenciosa. Ela partilha com eles as alegrias e esperanças, os sofrimentos e as angústias do Povo de Deus, do qual todos os povos da Terra são chamados a fazer parte.

A aparição da imagem da Virgem na tilma [manto] de Juan Diego foi o sinal profético de um abraço, o abraço de Maria a todos os habitantes das vastas terras americanas, a quantos já estavam ali e aos que teriam chegado depois. Esse abraço de Maria indicou a senda que sempre caracterizou a América: é uma terra onde podem conviver povos diversos, uma terra capaz de respeitar a vida humana em todas as suas fases, desde o ventre materno até a velhice, capaz de acolher os emigrantes, os povos, os pobres e os marginalizados de todas as épocas. A América é uma terra generosa.

Essa é a mensagem de Nossa Senhora de Guadalupe e também a minha mensagem, a mensagem da Igreja. Encorajo todos os habitantes do continente americano a manter os braços abertos como a Virgem Maria, com amor e ternura.

Caros irmãos e irmãs da América inteira, rezo por todos vós, mas também vós orai por mim! Que a alegria do Evangelho esteja sempre nos vossos corações! O Senhor vos abençoe e a Virgem vos acompanhe!”

Foto: Arquivo

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.