Arquidiocese do Rio de Janeiro

37º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 16/12/2018

16 de Dezembro de 2018

Bandeira da Santa Sé será hasteada na chegada do Papa à ONU

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

16 de Dezembro de 2018

Bandeira da Santa Sé será hasteada na chegada do Papa à ONU

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

21/09/2015 18:00 - Atualizado em 21/09/2015 18:00
Por: Canção Nova

Bandeira da Santa Sé será hasteada na chegada do Papa à ONU 0

Nesta segunda-feira, 21 de setembro, a Missão Permanente da Santa Sé confirmou que as Nações Unidas (ONU) irão hastear a bandeira da Santa Sé pela primeira vez na história, na manhã do dia 25 de setembro.

Portanto, quando o Papa Francisco chegar à sede da ONU, a bandeira branca-amarela da Santa Sé estará tremulando junto àquelas dos 193 países-membros da organização, assim como a da Palestina.

A resolução que permitiu esta medida inédita foi aprovada pela Assembleia Geral no último dia 11.

Papa no Palácio de Vidro

O Papa Francisco visitará a Assembleia Geral da ONU no dia 25 de setembro, onde abrirá o encontro de líderes mundiais que lançará um pacote de metas de desenvolvimento para acabar com a fome e com a pobreza nos próximos 15 anos.

Mais de 100 chefes de estado e governo são aguardados para o encontro, que precederá o início da 70ª Assembleia Geral da ONU. Para a manhã do dia 25, estão previstos ainda discursos dos presidentes dos Estados Unidos, Rússia, China e Irã.

De acordo com o site da Missão Permanente da Santa Sé junto à ONU, a “Santa Sé tem, por escolha própria, o status de Observador Permanente junto à ONU ao invés de Estado-membro. Isso se deve, antes de tudo, ao desejo da Santa Sé em manter neutralidade absoluta diante de problemáticas políticas específicas”. A Santa Sé é Observador Permanente junto às Nações Unidas desde 6 de abril de 1964.

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.