Arquidiocese do Rio de Janeiro

37º 23º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 16/12/2018

16 de Dezembro de 2018

Papa aos colombianos: não podemos permitir outro fracasso

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

16 de Dezembro de 2018

Papa aos colombianos: não podemos permitir outro fracasso

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

20/09/2015 12:09 - Atualizado em 20/09/2015 12:10
Por: Rádio Vaticano

Papa aos colombianos: não podemos permitir outro fracasso 0

Papa aos colombianos: não podemos permitir outro fracasso / Arqrio

Após recitar o Ângelus na Praça da Revolução, neste domingo, 20 de setembro, o Papa Francisco fez um apelo pela reconciliação na Colômbia.

“Neste momento, sinto-me no dever de dirigir o meu pensamento à amada terra da Colômbia, ciente da importância crucial do momento presente, em que os seus filhos, com renovado esforço e movidos pela esperança, estão procurando construir uma sociedade em paz. Que o sangue derramado por milhares de inocentes, durante tantas décadas de conflito armado, unido ao sangue do Senhor Jesus Cristo na Cruz, sustente todos os esforços que estão fazendo, inclusive nesta bela Ilha, para uma reconciliação definitiva. Assim, a longa noite de dor e violência, com o esforço de todos os colombianos, possa ser transformada em um dia, sem ocaso, de concórdia, justiça, fraternidade e amor, no respeito das instituições e do direito nacional e internacional, para que a paz seja duradoura. Por favor, não podemos nos permitir outro fracasso neste caminho de paz e reconciliação”.

Peço-lhes, concluiu o Papa, que se unam à minha oração a Maria, para que ela deposite todas as nossas preocupações e aspirações no Coração de Cristo. Peçamos-lhe, de modo especial, pelos que perderam a esperança e não têm mais vontade de continuar a lutar; pelos que sofrem injustiças, abandono e solidão. Que Maria enxugue as lágrimas de todos, os console e lhes devolva esperança e alegria.

Ao término da celebração Eucarística, o Santo Padre deixou a Praça da Revolução “José Martí” e voltou para a Nunciatura Apostólica, onde almoçou em forma privada. Na parte da tarde, o Pontífice fará uma visita de cortesia ao Presidente de Cuba, Raul Castro, no Palácio Presidencial em Havana. A seguir, na Catedral da Imaculada Conceição da capital, o Santo padre vai presidir às Vésperas com os sacerdotes, religiosos, religiosas e seminaristas.

Por fim, o Papa Francisco concluirá suas atividades, neste domingo, saudando alguns milhares de jovens presentes diante do Centro Cultural Padre Félix Varela, em Havana.

Foto: AFP

 

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.