Arquidiocese do Rio de Janeiro

32º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 20/11/2017

20 de Novembro de 2017

Igreja no Chile na linha de frente após terremoto

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

20 de Novembro de 2017

Igreja no Chile na linha de frente após terremoto

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

18/09/2015 11:53 - Atualizado em 18/09/2015 11:53
Por: Rádio Vaticano

Igreja no Chile na linha de frente após terremoto 0

Igreja no Chile na linha de frente após terremoto / Arqrio

Após o terremoto de 8.3 graus na escala Richter registrado na última quarta-feira, 16 de setembro, que foi sentido em praticamente todo o País, e deixou 10 vítimas fatais, a Igreja chilena abre as portas para receber parte das quase 1 milhão de pessoas que foram preventivamente evacuadas.

O Arcebispo de La Serena, Dom René Rebolledo, abriu as portas do Arcebispado para acolher os moradores da região costeira da cidade de La Serena que foram evacuados diante do iminente perigo de tsunamis. A Pastoral Social e da Caritas passaram a trabalhar em regime de emergência para atender os desalojados. A mesma disposição também aconteceu em diversas paróquias da arquidiocese.

Na manhã de quinta-feira, dia 17, Dom Rebolledo visitou a comunidade de Tongoy e regiões danificadas de Coquimbo, uma das áreas mais afetadas pelo terremoto.

“Estamos nas mãos do Senhor! Busquemos, querido irmãos, ser solidários com que está sofrendo. Rezemos por eles. O Senhor nunca nos abandona. Também sua Mãe Santíssima, Nossa Senhora, está conosco. Ela que justamente foi recebida hoje em La Serena para iniciar a sua peregrinação. A Ela confiamos a vida de inúmeros irmãos que estão sofrendo por causa deste grande terremoto na nossa região e em outras partes do País. Manifestemos a nossa comunhão e solidariedade”, declarou o arcebispo.

Foto: EPA

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.