Arquidiocese do Rio de Janeiro

26º 22º

Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, 24/05/2019

24 de Maio de 2019

Papa: combater "anemia espiritual" dos jovens com Dom Bosco

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do e-mail.
E-mail enviado com sucesso.

24 de Maio de 2019

Papa: combater "anemia espiritual" dos jovens com Dom Bosco

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente a ArqRio.

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do erro.
Erro relatado com sucesso, obrigado.

16/07/2015 16:44 - Atualizado em 16/07/2015 16:45
Por: Rádio Vaticano

Papa: combater "anemia espiritual" dos jovens com Dom Bosco 0

Papa: combater

Por ocasião do Bicentenário de Nascimento de Dom Bosco, o Papa Francisco enviou ao Reitor-Mor, Padre Ángel Fernández Artime, uma carta em que deseja dar graças a Deus pelo dom do Santo dos Jovens e “evocar os aspectos essenciais da herança espiritual e pastoral de Dom Bosco para exortá-los a viver com coragem”.

“Como Dom Bosco, com os jovens e para os jovens” é o título da carta, em que Francisco recorda a alegria que sentiu ao encontrar a Família Salesiana reunida em Turim, na Basílica de Santa Maria Auxiliadora, onde repousam os restos mortais do Fundador.

No texto, o Papa ressalta que o mundo mudou muito nestes dois séculos, mas não a alma dos jovens: "Ainda hoje, eles estão abertos à vida e ao encontro com Deus e com os outros, mas existem muitos deles que correm o risco do desencorajamento, da anemia espiritual, da marginalização".

Dom Bosco – afirma Francisco – nos ensina primeiramente a não ficar observando, mas a colocar-se na linha de frente para oferecer aos jovens uma experiência educativa integral, com uma característica especial: o afeto.

Na carta, o Pontífice indica duas tarefas à família salesiana: a primeira é educar segundo a antropologia cristã à linguagem dos novos meios de comunicação e das redes sociais, que plasmam profundamente os códigos culturais dos jovens, e, portanto, a visão da realidade humano-religiosa; a segunda é promover formas de voluntariado social, não se resignando às ideologias que antepõem o mercado e a produção à dignidade da pessoa e ao valor do trabalho.

“Evoco de modo especial a imperiosa necessidade de envolver as famílias dos jovens. De fato, não pode haver uma pastoral juvenil eficaz sem uma válida pastoral familiar”, acrescenta.

Por fim, o Papa encoraja os salesianos a assumirem a herança do fundador com a radicalidade evangélica que foi sua no pensar, no falar e no agir.

Tendo em vista a importância da Carta do Papa, o Padre Fernández Artime divulgou uma videomensagem para a Família Salesiana.

O texto completo da carta papal, simbolicamente datada em 24 de junho passado – festa de São João Batista e dia do Santo onomástico de Dom Bosco – está disponível no site dos salesianos.

Foto: AP

Leia os comentários

Deixe seu comentário

Resposta ao comentário de:

Enviando...
Por favor, preencha os campos adequadamente.
Ocorreu um erro no envio do comentário.
Comentário enviado para aprovação.